sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Edital do 5º Prêmio Zé Renato de Teatro esta com inscrições abertas até final de outubro.

Na foto, o espetáculo "O Taxidermista", da Cia do Imaginários, foi um dos vencedores da última edição do edital. Saiba mais sobre a companhia em ciadosimaginarios.com.br. Foto: divulgação.
O edital premia projetos de montagem de espetáculos inéditos e circulação de peças que já estrearam na cidade de São Paulo.

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Zé Renato de apoio a projetos teatrais realizados na cidade de São Paulo. Veja o resumo do edital.

Nome do Edital: Edital nº 11/2016/SMC-NFC Prêmio Zé Renato de apoio à produção e desenvolvimento da atividade teatral para a cidade de São Paulo – 5ª edição – 2016

Quem promove: Prefeitura do Município de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal e do Núcleo de Fomentos Culturais.

Objeto: selecionar projetos teatrais inscritos em duas modalidades: produção ou apresentação, desenvolvidos por núcleos artísticos e pequenos e médios produtores para apoio por meio de recurso financeiro.

Entende-se por projeto de produção a proposta de realização de espetáculo inédito pelo núcleo artístico ou pequeno e médio produtor.

Entende-se por projeto de apresentação a proposta de circulação ou realização de temporada de espetáculo já estreado.

Quem pode participar: Proponentes, com sede e atividade no município de São Paulo há no mínimo 3 (três) anos, que representem núcleos artísticos e/ou pequenos e médios produtores independentes sediados e com atividade profissional no município de São Paulo.

Aporte: O valor máximo que poderá ser concedido a cada projeto nesta edição é de R$ 237.200,00 (duzentos e trinta e sete mil, duzentos reais).

Prazos: as inscrições vão até o dia 28 de outubro, às 18h.

O que deve ser apresentado: O projeto deve ser todo enviado online e a plataforma possui campos diferentes de anexo de materiais. A lista completa consta no texto do edital: spcultura.prefeitura.sp.gov.br

Entrega e mais informações: Cadastramento online no Portal SP CULTURA através link http://spcultura.prefeitura.sp.gov.br/. Apenas agentes com formulário de cadastro devidamente preenchido no SPCULTURA, terão acesso ao processo de inscrição no edital.
O Núcleo de Fomento ao Teatro estará disponível para consultas sobre a utilização da ferramenta de inscrição online durante todo o período de inscrições pelos telefones: 3397-0140 ou 3397-0141 ou ainda pelo e-mail: fomentoteatrosmc@gmail.com

Fonte(s): fomentoaoteatro.wordpress.com

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Curso “Política e gestão cultural: teoria e prática”, no Centro de Pesquisa e Formação – Sesc/SP

(Foto: Camila Nicoletti)
As inscrições podem ser feitas online no site do CPF e nas unidades do Sesc São Paulo.


Programa
O curso tem início com os fundamentos da política cultural em regimes democráticos, particularmente os direitos culturais devidos aos cidadãos (cidadania cultural); discute os campos de ação dessa política (campo erudito, cultura popular e indústria cultural) e, em seguida, aborda aspectos da gestão pública da cultura, incluindo políticas para as artes e para o patrimônio cultural, participação social nas decisões de política cultural (conselhos de cultura) e o dia-a-dia da gestão pública. Finalmente, são apresentados os princípios e a estrutura institucional do Sistema Nacional de Cultura entendido como o instrumento de efetivação, no Brasil, de uma política cultural democrática. 

Conteúdo: 
Direitos Humanos e Direitos Culturais: Apresenta uma lista desses direitos, no âmbito mais amplo dos direitos humanos, com base nos documentos internacionais do ONU/Unesco. Direitos Culturais na Constituição Brasileira. Cotejo com a Constituição Federal de 1988, buscando localizá-los nos diversos artigos que fazem referência à cultura, em especial os artigos 215, 216 e 216.

A Criatividade e Direito Autoral: A criatividade resulta do esforço e do talento individual ou se deve à influência do contexto social-histórico no qual o indivíduo está inserido? O tema da criatividade é desenvolvido e ao final chega-se ao direito autoral como remuneração do trabalho criativo.

Campos de Ação da Política Cultural: Indústria Cultural, Campo Erudito e Cultura Popular: são discutidas teses antagônicas de natureza política em cada um desses campos. No campo da indústria cultural a discussão opõe as teorias da "manipulação" e da "recepção"; no campo erudito o debate é se os intelectuais e artistas são "orgânicos" ou se constituem uma categoria social autônoma; sobre a cultura popular a discussão gira em torno das teses "paternalistas" (ou do conformismo) versus a teoria da "contra-hegemonia". 

Política Cultural para as Artes: Facetas da arte e políticas culturais voltadas para despertar o potencial criativo dos cidadãos, chegando às políticas de fomento às artes. 

Identidade, Memória e Patrimônio Cultural: Discute-se o conceito contemporâneo de identidade com base no pensamento dos sociólogos Norbert Elias, Zygmunt Bauman e Manuel Castells; são apresentados documentos internacionais da ONU/Unesco que tratam do patrimônio cultural e, por fim, são aprofundados os avanços da Constituição Brasileira no que tange a essa questão, com ênfase na diversidade cultural e no patrimônio imaterial. 

Democracia participativa, políticas culturais e conselhos de cultura: Análise da emergência de Conselhos na história do Brasil; aborda os princípios da moderna democracia participativa, direta e indireta; e se estende sobre a figura institucional dos Conselhos de Cultura, suas tipologias, atribuições e desafios de funcionamento. 

Sistema Nacional de Cultura: Bases conceituais, jurídicas e institucionais: o Sistema Nacional de Cultura (constitucionalizado em 2012 por meio do artigo 216-A da Constituição Federal), compreendido como um processo de gestão que objetiva universalizar direitos de forma descentralizada e participativa. 

Cotidiano da Gestão Pública da Cultura: Eventos e Serviços Permanentes: os diversos afazeres da gestão cultural, destacando os tipos de eventos e serviços existentes na gestão pública. 

Palestrante: Bernardo Mata Machado é Mestre em Ciências Políticas pela UFMG. Atualmente ocupa a Secretaria de Articulação Institucional do Ministério da Cultura, responsável pela implantação do Sistema Nacional de Cultura.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Tradução em Libras disponível. Faça sua solicitação no ato da inscrição, com no mínimo dois dias de antecedência da atividade.

Data: 07/10/2016 a 22/10/2016
Dias e Horários: Sextas, 14h30 às 21h | Sábados 10h30 às 17h.Local: Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar | Bela Vista - São Paulo.
Valores: R$ 30,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes | R$ 50,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante |R$ 100,00 – inteira

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

INSCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ 21/10 - Temporada de Projetos 2017 do Paço das Artes

Obra "#1 Cavalo", de Tiago Mestre,
na Mostra 
"Fundação". A exposição selecionada para a
 Temporada de  Projetos 2016
fica em cartaz  até 16 de outubro
de 2016. 
Foto: Marco Maria Zanin.
Fonte: pacodasartes.org.br

O Paço das Artes, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo-- lança a convocatória da Temporada de Projetos 2017. O júri selecionará um projeto curatorial e nove trabalhos artísticos, que serão expostos em datas e local a serem definidos pelo Paço das Artes, atualmente sediado no Museu da Imagem e do Som (MIS), na av. Europa, 158 – Jardim Europa.

Os projetos e as fichas de inscrição devem ser entregues de 23 de agosto a 21 de outubro de 2016 no MIS (av. Europa, 158 – Jardim Europa), aos cuidados do Núcleo de Projetos do Paço das Artes, de terça a sexta-feira, das 12h às 20h. No caso de propostas enviadas pelos Correios, será considerada a data de postagem (até 21/10). 



Cada interessado poderá inscrever gratuitamente até três projetos individuais ou de grupo de artistas, desde que sejam exclusivos e inéditos para o Paço das Artes. O proponente terá liberdade quanto às linguagens de arte contemporânea, que serão desenvolvidas em seu projeto. O artista pode, ainda, direcioná-las a qualquer público, considerando que serão expostas em local de livre acesso.


Os selecionados para 2017 receberão um prêmio de participação, que será efetuado durante o período da exposição. Os artistas selecionados receberão um cachê de R$ 1.300,00 e o projeto de curadoria selecionado receberá a quantia R$ 3.200,00.

Além disso, o programa destinará uma verba para o auxílio da produção das obras dos projetos selecionados e montagem das exposições, entre outros.




terça-feira, 27 de setembro de 2016

Edital IberCultura Viva de apoio a Redes

 Serão premiados projetos para realização de encontros, congressos, seminários e festivais.

A origem do conceito de cultura viva surge de uma compreensão ampla e antropológica da cultura, que enfatiza suas dimensões simbólica e social, e que se refletiu de maneira muito clara na criação do programa Cultura Viva pelo Ministério da Cultura do Brasil, em 2004.

Proposto por iniciativa do Ministério da Cultura do Brasil, o programa de cooperação cultural IberCultura Viva foi criado em outubro de 2013, no âmbito da XXIII Cúpula Ibero­americana de Chefes de Estado e de Governo, realizada na Cidade de Panamá. No processo de desenho e construção do programa IberCultura Viva se integram os programas culturais de base comunitária de dez países, alimentando­o com suas diversas perspectivas e experiências.

Por meio deste edital, o Programa IberCultura Viva busca fortalecer o trabalho e fomentar a articulação das redes de cultura de base comunitária a partir do apoio para a realização de encontros, congressos, seminários, festivais e diversos tipos de evento.

Nome do Edital: Edital para apoio a redes de cultura de base comunitária 2016 IberCultura Viva.

Quem promove: Secretaria Geral Ibero­americana (Segib)

Objeto: programa de cooperação intergovernamental para o fortalecimento das culturas e das comunidades da região ibero­americana.

Fomentar e fortalecer o trabalho e a articulação das redes de organizações culturais de base comunitária no âmbito ibero­americano a partir do apoio para a realização de eventos por meio de duas categorias:
  1. Eventos de redes de cultura de base comunitária nacionais e/ou regionais preparatórios para o 3º Congresso Latino­americano de Cultura Viva Comunitária (CVC).
  2. Eventos de redes de cultura de base comunitária municipais, estaduais, nacionais ou regionais. § 1° Serão aceitos como eventos: encontros, congressos, seminários, festivais, feiras, colóquios e/ou simpósios. § 2° Por cultura viva comunitária se entendem aquelas experiências culturais dos diferentes grupos que compõem a diversidade ibero­americana que contribuem com práticas e metodologias exercidas a partir da base territorial e que têm a ver com práticas comuns e conhecimentos tradicionais.
Quem pode participar:
O edital está destinado a redes de organizações e/ou coletivos de cultura de base comunitária, em funcionamento ou em formação. Em ambas as categorias, os projetos de apoio deverão ser apresentados por uma organização responsável com personalidade jurídica, que seja participante da rede e que ficará a cargo da administração dos recursos.

AporteO valor global destinado ao edital é de US$ 100.000,00 (cem mil dólares), que serão distribuídos da seguinte forma:
  • US$ 50.000,00 (cinquenta mil dólares) para a CATEGORIA I.
  • US$ 50.000,00 (cinquenta mil dólares) para a CATEGORIA II.
Prazos: As inscrições serão finalizadas no dia 31 de outubro de 2016, às 23h59, horário oficial de Brasília, Brasil. Os eventos apresentados deverão ser realizados entre 1º de fevereiro e 31 de outubro de 2017.

O que deve ser apresentado:
  • Formulário de inscrição preenchido e assinado pela organização responsável pela administração dos fundos;
  • Certificado de existência legal da organização responsável – certificado de personalidade jurídica e documentação de criação ou constituição, podendo ser decretos, regulamentos, atas de reuniões, escrituras de constituição, estatutos, inscrições em registros públicos, inscrições em registros de fundações ou similares;
  • Carta de aval para a participação no projeto de cada organização e/ou coletivo integrante da rede;
  • Conta bancária em nome da organização responsável, com número da agência bancária;
  • Os projetos apresentados não poderão exceder 15 (quinze) páginas nem ser inferiores a 05 (cinco).

Existem alguns documentos específicos a serem apresentados de acordo com a categoria. Consulte o edital para obter a lista completa de materiais para enviar.

Entregas: O formulário de inscrição correspondente a cada categoria estará disponível na página do programa IberCultura Viva (www.iberculturaviva.org) e deverá ser enviado a via correio eletrônico ao e­mail programa@iberculturaviva.org.

Mais informações:
Unidade Técnica ­ Programa IberCultura Viva SCS, Quadra 09, Lote C Torre B – 9º andar. Ed. Parque Cidade Corporate  CEP: 70308­200, Brasília ­ DF ­ Brasil T. +55 61 2024 2862/2789 ­  programa@iberculturaviva.org

Os países que integram o Espaço Cultural Ibero­americano são: Andorra, Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

​O Comitê de Avaliação dará preferência para a seleção das propostas recebidas de redes que sejam ​dos países membros do programa IberCultura Viva: Argentina, Brasil, Costa Rica, Chile, El Salvador, Espanha, México, Paraguai, Peru e Uruguai.


terça-feira, 20 de setembro de 2016

Prêmio Funarte Conexão Artes Visuais, inscrições até 26 de setembro

COMUNICADO
A Fundação Nacional de Artes – Funarte, por meio de seu Centro de Artes Visuais, informa que em razão do último dia de inscrições para o Prêmio Funarte Conexão Circulação Artes Visuais ocorrer em 25 de setembro de 2016, domingo, serão aceitas inscrições postadas até 26 de setembro, segunda-feira, primeiro dia útil subsequente.

Fonte: funarte.gov.br
Acesse o edital completo aqui


Temporada de envio de projetos para patrocínio da Porto Seguro

O espetáculo 'Os Realistas' (foto) foi um dos projetos
 patrocinados pela Porto Seguro e atualmente circula
 pelo Brasil. Saiba mais em facebook.com/osrealistasteatro.
As propostas devem ser aprovadas primeiro pela Lei Rouanet.

A Porto Seguro está com inscrições abertas para projetos de Artes Cênicas e Música para patrocínio em 2017. O EPSB preparou o resumo do programa.

"A Política de Patrocínio da Porto Seguro é compreendida como uma ação de comunicação e relacionamento com o cliente, com o objetivo de oferecer benefícios de qualidade vinculados ao cumprimento da missão e valores da empresa. No intuito de descobrir e valorizar o potencial de novos talentos e promover a descentralização da cultura e a democratização da arte com qualidade, para 2017 estamos focando nossas parcerias em peças teatrais e eventos musicais, que tenham temporada pelo Brasil todo". Fonte: site Porto Seguro

Nome do EditalPolítica de Patrocínio e Apoio Cultural - Porto Seguro

Quem promove: Corporação Porto Seguro

Objeto: Selecionar projetos para patrocínio com realização em 2017, com foco em peças teatrais e shows musicais, que tenham temporada pelo Brasil.

Quem pode participarA Porto Seguro patrocina projetos aprovados pela Lei nº. 8.313, mais conhecida como Lei Rouanet, que pode ser usada por empresas e pessoas físicas que desejam financiar projetos culturais.

Aporte: Não há limite mínimo nem máximo para o aporte da empresa. Os proponentes podem solicitar patrocínio total ou parcial do projeto em forma de cotas de patrocínio.  

Prazos: o período de inscrições termina em 31 de outubro de 2016, às 18h - horário de Brasília.

O que deve ser apresentado: os interessados devem preencher o formulário online do programa com os dados do proponente, do Pronac, as informações do projeto e também links relacionados e anexar arquivos que julgarem necessários. O projeto deve ser composto de: Apresentação; Justificativa; Objetivos; Cronograma das Atividades; Temporada; Equipe; Plano de Comunicação; Cotas de Patrocínio e Apoio e Contato.

Entrega e mais informações: a inscrição deve ser enviada pela plataforma online própria da Porto Seguro [aqui]

Sobre a instituiçãoHá mais de 60 anos no mercado, a Porto Seguro possui uma política de patrocínio compreendida como uma ação de comunicação de relacionamento com o cliente, com o objetivo de oferecer benefícios de qualidade vinculados ao cumprimento de sua missão e valores da empresa. No intuito de descobrir e valorizar o potencial de novos talentos e promover a descentralização da cultura e a democratização da arte com qualidade.


sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Processo de Seleção de Espetáculos - Alfa Criança 2017

O Teatro Alfa está aceitando inscrições de projetos de espetáculos para compor o repertório da Temporada Infantil. Dos projetos recebidos, serão selecionados 8 ou 9 espetáculos para crianças, que farão parte da nossa programação em 2017.


PARA INSCREVER O SEU PROJETO
  • Poderão enviar projetos para a Temporada Alfa Criança 2017 quaisquer grupos teatrais que tenham propostas de espetáculos destinados ao público infantil.
  • O Teatro Alfa receberá propostas de espetáculos infantis inéditos que queiram estrear em nosso teatro e também de espetáculos que já estrearam e cumpriram temporadas em outros teatros ou em quaisquer outros locais de apresentações públicas.
  • No caso das propostas de espetáculos inéditos, o Teatro Alfa poderá destinar uma verba de apoio para a montagem, que deverá estrear obrigatoriamente no Teatro. Também é possível inscrever espetáculos que tenham recebido verba de projetos governamentais ou privados, sendo estudado caso a caso sobre a estreia no Teatro ou fora dele. É necessário informar no projeto se ele foi enviado para algum edital, a fim de não haver duplicidade do projeto do teatro com o da companhia, pois participamos dos editais da Lei Rouanet, Lei Mendonça e PROAC.
  • Os projetos serão recebidos a partir de 1º de agosto até o dia 3 de outubro de 2016, inclusive valendo o carimbo postal até esta data como comprovante de inscrição. Projetos recebidos após a data final não serão considerados para a seleção.

OS PROJETOS DEVERÃO SER ENVIADOS PARA:
Teatro Alfa
A/C: Núcleo Infantil - Temporada 2017
Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722
CEP: 04757-000
Santo Amaro – São Paulo – SP


NOS PROJETOS, DEVERÃO CONSTAR:
  • Currículo do grupo e de seus integrantes, discriminando a função de cada um no espetáculo;
  • Justificativa;
  • Proposta de encenação;
  • Sinopse do espetáculo;
  • 01 (uma) cópia do texto ou roteiro do espetáculo (digitada);
  • Histórico do grupo e material de imprensa sobre o grupo, o espetáculo e/ou produções anteriores;
  • DVD do espetáculo, se já existente, de preferência do espetáculo na íntegra, sem cortes;
  • No caso de espetáculos inéditos, uma planilha de custos detalhada;
  • CD (Arquivo Digital) com o projeto completo.
O Teatro Alfa poderá também solicitar entrevistas com as companhias. O projetos devem ser encaminhados até o dia 03 de outubro de 2016.

As respostas aos projetos serão enviadas até novembro de 2016, podendo este prazo ser estendido caso necessário.
Em caso de dúvida, entrar em contato pelo e-mail: marcio@teatroalfa.com.br

Em cartaz no Teatro Alfa o espetáculo "Meu amigo inventor" (foto), da ciadecopas.com.br. A temporada vai até 02 de outubro com apresentações sábados e domingos, às 16h. Mais informações em teatroalfa.com.br  

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Festival CoCidade 2016

O Festival desse ano vai explorar 5 frentes dentro do movimento colaborativo: Política, Urbânia, Meio Ambiente, Economia, Redes Colaborativas e Empreendedorismo. Serão mais de 100 atividades/atrações para despertar o seu olhar para a cidade.


quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Oficina Cultural Fred Navarro promove ciclo de estudos sobre cultura tradicional e contemporaneidade

 A Oficina Cultural Fred Navarro, localizada em São José do Rio Preto/SP, promove de 22 a 24 de setembro o ciclo de estudos "Cultura Tradicional e Contemporaneidade". A programação prevê oficinas, palestras, workshops e apresentações culturais, todas com entrada gratuita.

O ciclo promove uma reflexão sobre as culturas tradicionais no contexto contemporâneo, abordando questões como preservação, renovação, trocas e influências mútuas em diferentes expressões artísticas e práticas culturais. A programação é composta por oficina, workshops, exposição, queima do alho e apresentações de artes cênicas.
Parceria: SESC Rio Preto | IHGG - Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Rio Preto  

Data: de 22 a 24/9
Perfil do público: estudantes de arte, pesquisadores de cultura popular e demais interessados
Local: Praça Cacilda Becker, S/Nº • Chácara Municipal - São José do Rio Preto/SP. 

Para finalizar a programação, será realizado o workshop "Cultura e manifestações culturais no Brasil contemporâneo – continuismos e rompimentos", com Ricardo Constante Martins.

Partindo das origens étnico-culturais do Brasil, o workshop discute as manifestações culturais tradicionais na contemporaneidade e seu impacto sobre o questionamento ao preconceito nas relações sociais e de poder historicamente estabelecidas. Aborda, ainda, como a matriz cultural brasileira foi influenciada pelos modelos culturais disseminados pela indústria do entretenimento, discutindo a arte sob a perspectiva da contracultura.

Data: 24/9 – sábado – 9h às 12h
Perfil do Público: professores, estudantes e demais interessados a partir de 18 anos
Inscrições: 1 a 22/9. Seleção: primeiros inscritos, para se inscrever clique aqui30 vagas.

Mais informações: 
Oficina Cultural Fred Navarro
Endereço: Praça Cacilda Becker, S/Nº • Chácara Municipal • São José do Rio Preto/SP
Tel: (17) 3234 2405 • frednavarro@oficinasculturais.org.br
Funcionamento: Terça a sexta-feiras das 13h às 22h 
Sábados das 9h às 18h
facebook.com/oficinaculturalfrednavarro | oficinasculturais.org.br

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Casa Judith promove palestras e oficinas para artistas e produtores durante o mês de setembro












A Casa Judith é um ateliê compartilhado no centro de São Paulo. Depois de dois anos de atividades como palestras, oficinas, vivências, exposições, cinema e happy hour, a casa encerrará este ciclo.



"Em todo momento fizemos parte de um ideal maior, baseado no amor ao próximo, no direito a livre expressão da sexualidade, credo e etnia. Fomos sementes, germinamos, demos frutos, e também colaboramos com estes ideais e o fortalecimento de uma cena incrível". Fonte: evento Grand Finale - Casa Judith.

Para encerrar essa jornada a Casa preparou uma série de atividades para o desenvolvimento de artistas e também de produtores culturais. Todas as atividades serão com entrada colaborativa, o que significa que cada um poderá contribuir da maneira que puder.

Confira a programação de atividades que começa dia 19/09, próxima segunda-feira.


A Casa Judith fica na Rua do Seminário, 199 - cj 73, região central de São Paulo. Mais informações em (11)3228-0826 e pelo site www.casajudith.com.


AddThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...