quinta-feira, 30 de junho de 2016

Inscrições para o edital BDMG Cultural de circulação de espetáculos de artes cênicas

O Yepocá Cia de Teatro na peça "Sem Fonia Musical". 
O grupo já foi um dos ganhadores do edital.
 Saiba mais sobre eles ele em yepoca.blogspot.com.br.
 Foto: Cláudia Lima / Divulgação.
Seleção de 14 (quatorze) grupos de artes cênicas, com projeto de espetáculos inéditos ou não, nas áreas de teatro, circo e dança, para realizarem apresentações dentro do território mineiro.

O BDMG Cultural, desde 2004, apoia iniciativas de fomento a arte e cultura, levando as mais recentes produções artísticas da capital para municípios mineiros.
Os projetos, selecionados por uma comissão julgadora, recebem recursos financeiros para cobrir as suas despesas de transporte, de pessoal e material cenográfico. Empreendedores ou empresas com atuação comprovada e estabelecidos na região metropolitana de Belo Horizonte podem participar.

Nome do Edital: Edital Trilha Cultural BDMG 2016 Instituto BDMG Cultural

Quem promove: Instituto BDMG Cultural

Objeto: Seleção de 14 (quatorze) grupos de artes cênicas, com projeto de espetáculos inéditos ou não, nas áreas de teatro, circo e dança, para realizarem apresentações dentro do território mineiro.

A proposta deverá circular por um ou mais municípios de Minas Gerais;

O(s) município(s) escolhido(s) deverá(ão) ter distância mínima de 150 km da cidade sede do grupo proponente;

O(s) município(s) escolhido(s) deverá(ão) estar em um “território de desenvolvimento” diferente daquele onde se localiza a cidade do proponente. Saiba mais em: forunsregionais.mg.gov.br/regioes ou bdmgcultural.mg.gov.br.

Serão selecionados 14 (quatorze) projetos, que podem conter, além da circulação do espetáculo artístico, oficinas, palestras, ensaios abertos e debates com o público e classe artística local.

Quem pode participar: pessoas jurídicas de direito privado, com ou sem fins lucrativos, em cujos atos constitutivos constem, expressamente, a atividade produção de espetáculos artísticos.

O proponente deve ser grupo ou empresa teatral, de dança ou de circo, com um mínimo de três anos de existência legal, estabelecido em município pertencente ao Estado de Minas Gerais.

Cada proponente poderá inscrever apenas 01 (um) projeto.

Aporte:  O incentivo cultural será único, no valor de R$13.000,00 (treze mil reais), independente do número de apresentações propostas ou do número de cidades indicadas para receber o(s) espetáculo(s).

Os projetos de grupos ou empresas de teatro, de circo e de dança selecionados pela comissão julgadora independente, receberão apoio cultural para custear despesas como: de transporte, de pessoal, de material cenográfico, de hospedagem, de alimentação e de eventuais serviços de terceiros.

As demais despesas para realização do espetáculo proposto e selecionado, se existentes, serão de exclusiva responsabilidade do empreendedor.

O recurso será liberado em duas parcelas, a saber:
  • A primeira parcela, equivalente a 60% do valor do incentivo, em até 20 (vinte) dias antes da realização do espetáculo, mediante apresentação prévia da nota fiscal correspondente ao valor.
  • A segunda parcela, no valor de 40% do recurso, será liberada em até 05 (cinco) dias úteis, após a apresentação do relatório final do empreendedor, acompanhado de fotos (em alta resolução), vídeos e matérias jornalísticas que comprovem a execução do(s) espetáculo(s).

Prazos: As inscrições terminam dia 06 de julho. O resultado da seleção dos projetos será divulgado no dia 13 de julho de 2016. Os projetos selecionados serão realizados entre agosto e novembro de 2016, cabendo ao BDMG Cultural consolidar o calendário de apresentações, juntamente com os grupos, em até 25 dias corridos após a divulgação do resultado.

O que deve ser apresentado: O projeto, em via única, devidamente encadernado, deverá ser inserido em um envelope opaco e lacrado, de forma indevassável, contendo externamente a expressão seguinte: Edital Trilha Cultural BDMG 2016.

Os projetos serão inscritos com a seguinte documentação:
  • Cópia do documento de constituição da pessoa jurídica;
  • Cópia da ata de eleição e posse da diretoria em exercício;
  • Cópias da Carteira de Identidade e CPF do representante legal da empresa;
  • Cópia do cartão de Inscrição no Cadastro de Pessoa Jurídica (CNPJ);
  • Currículo abreviado do diretor do espetáculo e do representante legal do Grupo ou Empresa;
  • Registro profissional, como artista ou técnico, dos profissionais envolvidos no espetáculo;
  • Comprovação de atuação na área cultural, por meio de reprodução de notícias jornalísticas e outros materiais impressos ou declaração do órgão municipal de cultura que ateste seu regular funcionamento.
  • Se o espetáculo a ser apresentado já tiver estreado, anexar fotos, vídeo, referências ou críticas veiculadas na mídia.

Entrega e mais informações: A inscrição deverá ser feita, exclusivamente, via Correios, com A.R. (aviso de recebimento) com envio para o seguinte endereço:

EDITAL TRILHA CULTURAL BDMG 2016 Instituto BDMG Cultural
Rua da Bahia, 1600, Lourdes Belo Horizonte - MG | CEP 30160-907

Informações pelos telefones: [31] 3219-8599, [31] 3219-8486 ou correio eletrônico: trilhacultural@bdmg.mg.gov.br

Sobre a instituição: O BDMG Cultural é um Instituto Cultural do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais que promove uma série de atividades culturais nas áreas de música, artes cênicas, artes visuais e audiovisual. Saiba mais em bdmgcultural.mg.gov.br.

Fonte(s): bdmgcultural.mg.gov.br

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Programa de residência artística EAV Parque Lage – Residência São João

Foto: Divulgação
As inscrições terminam dia 07 de julho e devem ser realizadas por e-mail.

O objetivo é proporcionar jornadas de leituras e discussões, passeios e trocas de experiências, no contexto de uma fazenda que data de 1853, pertencente ao segundo ciclo de expansão do café no Brasil Colonial, localizada no município de São José do Vale do Rio Preto (RJ). Cerca de um terço dos alimentos da Residência São João é produzida na própria fazenda em sistema agroecológico.
A fazenda conta com uma biblioteca de referência em história local/colonial, botânica e cultivo do café, além de um acervo de publicações independentes e livros sobre arte moderna e contemporânea. O local, que não dispõe de Wi-Fi, requer interesse no ambiente bucólico de uma área rural e capacidade de isolamento.
Os participantes poderão utilizar espaços para o desenvolvimento de sua pesquisa pessoal, porém precisam estar disponíveis para trabalhar em colaboração.
As atividades, acompanhamentos de estudos, pesquisa e projetos, estarão sob a supervisão de professores do quadro de ensino do Parque Lage. São eles: Bruno Balthazar, Damiana Bregalda Jaenisch, Daniel Jablonski, Guilherme Gutman, Franz Manata, Pedro França e Saulo Laudares.
Veja o resumo do regulamento abaixo:
Nome do EditalPrograma de Residência Artística EAV Parque Lage – Residência São João

Quem promoveA Escola de Artes Visuais do Parque Lage

ObjetoSeleção de 18 (dezoito) artistas e/ou pesquisadores interessados em desenvolver projetos interdisciplinares, com enfoques em história, expedições científico-artísticas e ecologia, para residência artística de 10 dias no Rio de Janeiro.

Quem pode participar: artistas e pesquisadores maiores de 18 anos.

Aporte:  O  programa oferece transporte local, hospedagem durante 10 (dez) dias, alimentação e serviços de lavanderia.

O artista selecionado precisa realizar o pagamento de R$ 1.200,00 referente aos dez dias de residência.

Prazos: As inscrições terminam dia 07 de julho. As 18 (dezoito) vagas serão distribuídas em dois grupos de residentes: de  11 a 20 de agosto e 21 a 30 de agosto de 2016.

O que deve ser apresentado:
  • Ficha de inscrição preenchida;
  • Currículo atualizado;
  • Esboço de um plano de trabalho e uma carta de intenção, respondendo à seguinte pergunta: O que você aportaria no grupo de residentes?
  • Link para um portfolio digital ou plataforma vimeo (para artista);
  • Três textos publicados ou inéditos (para pesquisador).

EntregaAs inscrições só poderão ser realizadas pelo e-mail parquelagesaojoao@gmail.com

Sobre a instituiçãoA coordenação da Residência São João é de Antonio Sobral, artista e editor, ex-estudante da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Foi assistente de Adriana Varejão e estudou Cinema no Departamento de Arte da Faculdade Paris I, Sorbonne (Paris). A presente convocatória é a quinta edição da Residência São João, que já recebeu artistas de diversos países (Alemanha, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França e México). Mais informações: residenciasaojoao.com.


terça-feira, 28 de junho de 2016

21ª edição do edital de Fomento à Dança, da Prefeitura de São Paulo

Em 2015, a Companhia Fragmento Urbano foi uma das vencedoras do edital com o projeto do espetáculo Encruzilhada, ainda em fase de produção. Saiba mais sobre a cia em fragmentourbano.com.br.  Foto: Divulgação.
Todas as propostas devem ser encaminhadas via plataforma SP Cultura

A partir de 29 de junho, grupos artísticos na área de dança contemporânea, residentes e atuantes na cidade de São Paulo, podem enviar propostas para a 21ª edição do edital de fomento à dança. Veja como participar.

Nome do Edital: Edital nº 07/2016/SMC-NFC – Programa Municipal de Fomento à Dança – 21ª Edição 2016

Quem promove: Prefeitura do Município de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura

Objeto: Seleção de projetos de dança contemporânea.

Entende-se por dança contemporânea um modo de produção artística que envolve investigação, pesquisa e criação, não diretamente relacionadas a critérios biográficos de artistas ou categorização da obra por estilo, conteúdo ou técnicas.

Nesta edição serão selecionados no máximo 12 (doze) projetos de pessoas jurídicas.

Quem pode participar: Pessoas jurídicas, com sede no Município de São Paulo, que representem núcleos artísticos sediados e com atividade profissional no Município de São Paulo há no mínimo 03 (três) anos.

Entende-se como núcleo artístico apenas os artistas e técnicos que se responsabilizem pela fundamentação e execução do projeto, constituindo uma base organizativa com caráter de continuidade. Os demais profissionais envolvidos, sejam artistas ou técnicos convidados, integram a ficha técnica do projeto.

Aporte: O valor máximo que poderá ser concedido a cada projeto é de R$ 734.226,82 (setecentos e trinta e quatro mil, duzentos e vinte e seis reais e oitenta e dois centavos).

Prazos: as inscrições vão até o dia 28 de julho, às 18h.

O que deve ser apresentado: No ato da inscrição que deverá se feita por meio do cadastramento realizado na Plataforma SP CULTURA, o proponente deverá apresentar projeto contendo, as seguintes informações:
  • Ficha de Dados cadastrais: Data e local | Nome do projeto, tempo de duração e custo total | Nome da Pessoa Jurídica, número de CNPJ e do CCM, endereço e telefone | Nome, RG, CPF do Responsável pela pessoa jurídica | Nome, RG, CPF, endereço e telefone do Responsável pelo núcleo artístico;
  • Objetivos a serem alcançados;
  • Justificativa dos objetivos a serem alcançados;
  • Plano de trabalho, explicitando seu desenvolvimento e duração, que não poderá ser superior a 02 (dois) anos e contendo a descrição das 03 (três) etapas de trabalho, e sua duração, de acordo com o desenvolvimento das atividades previstas.
  • Orçamento;
  • Ficha técnica do projeto;
  • Em projeto que envolver criação/circulação de espetáculo, devem constar as seguintes informações complementares: argumento ou roteiro ou texto (quando houver), com as devidas autorizações do autor ou SBAT, e música quando prontos na data de inscrição | proposta conceitual de encenação coreográfica | indicação do conceito pretendido para a criação de figurinos, cenários e iluminação, se houver | compromisso de temporada gratuita e/ou a preços populares, discriminando o período das apresentações e o preço dos ingressos.
  • Currículo completo do núcleo artístico, no qual estejam descritas as atividades profissionais no Município de São Paulo nos últimos 3 (três) anos, acompanhado de documentos comprobatórios das atividades por este período;
  • Currículo completo de todos os integrantes do núcleo artístico;
  • Currículo completo do proponente jurídico.
  • A lista com a documentação necessária para inscrição constam no texto do edital.

Entrega e mais informações: A inscrição deverá ser realizada inteiramente online, sendo que o projeto deve ser inscrito virtualmente por meio da Plataforma SP CULTURA (spcultura.prefeitura.sp.gov.br).

Eventuais informações técnicas relativas ao presente edital deverão ser formuladas por escrito ao Núcleo de Fomento à Dança, até 03 (três) dias úteis antes da data de encerramento das inscrições.


segunda-feira, 27 de junho de 2016

Curso Produção Cultural para Jovens, em São Paulo

Curso será realizado no Centro de Pesquisa e Formação do SESC-SP

Panorama sobre a produção cultural, apresentando atividades artísticas e culturais que fazem parte da profissão de produtor cultural, e as possibilidades no mercado de trabalho.


Neste curso são apresentados aspectos básicos de logística e seus componentes na área de shows e eventos artísticos, as ferramentas do gerenciamento legal e de risco, e orientações para elaborar projetos e fazer planejamento. Faz parte ainda, a visita a um equipamento cultural. 

O curso é uma oportunidade para conhecer as possibilidades de trabalho na área cultural, de entretenimento e artística. 

É necessário ter de 16 a 29 anos.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. [link aqui]

Tradução em Libras disponível. Faça sua solicitação no ato da inscrição, com no mínimo dois dias de antecedência da atividade.


Palestrante

Isaira Maria Garcia de Oliveira: Mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi e doutora em Artes pela Unicamp. É especialista em Docência em Turismo e Hotelaria para Ensino Superior pelo Senac/SP. Autora do livro - "Hospitalidade em shows de música - Um estudo sobre as relações entre profissionais dos bastidores, artista e espectador nas casas de espetáculos." Editora Laços, São Paulo, 2012.

Data: 11/07/2016 a 27/07/2016| Dias e horários: Segundas e Quartas, 14h às 18h Local: Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar - Bela Vista - São Paulo Valores: R$ 24,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes; R$ 40,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante; R$ 80,00 - inteira.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Aberto o período de inscrições de projetos para os editais da Caixa Cultural

A Caixa Cultural abriu sua temporada de envio de propostas para projetos de festivais, ocupação de espaços, patrimônio e a bienal para novos artistas. Aqui um resumo de cada um deles com os links para acesso. As inscrições para todos os editais terminam dia 31 de julho de 2016. Boa sorte!!!


PROGRAMA DE OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS DA CAIXA CULTURAL
Trata-se de seleção pública anual de projetos culturais nas áreas de artes visuais (fotografia, escultura, pintura, gravura, grafite, desenho, objeto, instalação, videoinstalação, intervenção e novas tecnologias), teatro, dança, música, mostra de cinema, palestras, encontros, cursos, oficinas e lançamento de livros, para composição da pauta das unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Vários projetos são integrados ao circuito de itinerância pelos espaços da CAIXA Cultural, proporcionando expressivo aumento do número de eventos inicialmente selecionados, o que possibilita a difusão da arte pelo território nacional e seu acesso a um maior número de cidadãos. [LINK AQUI]

PROGRAMA DE APOIO A FESTIVAIS DE TEATRO E DANÇA
O programa tem como objetivo patrocinar, por meio de seleção pública anual, festivais de teatro, dança e de multilinguagem que se realizem em todo o território brasileiro. Os festivais têm importante papel no desenvolvimento da arte e do mercado artístico nacional, abrindo espaço e criando oportunidades para companhias, artistas e produtores mostrarem a um público amplo o seu trabalho, técnica e novos espetáculos, fomentando a divulgação e a circulação pelo país. [LINK AQUI]


PROGRAMA DE APOIO AO PATRIMÔNIO CULTURAL BRASILEIRO
O programa tem por objeto a seleção de projetos de entidades museais que visem assegurar a democratização do acesso e a preservação do patrimônio cultural brasileiro. O processo de seleção é bienal e contempla projetos de funcionamento de instituições museológicas, tais como programas pedagógicos (ações de arte-educação, oficinas, palestras, cursos, visitas mediadas), programação de mostras de seu acervo permanente e mostras temporárias, dentre outros. [LINK AQUI]


MOSTRA BIENAL CAIXA DE NOVOS ARTISTAS
Trata-se de evento idealizado e promovido pela CAIXA com o intuito de projetar artistas em início de carreira e que nunca tenham realizado mostras individuais por meio de exposição nas unidades da CAIXA Cultural localizadas nas cidades de Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. A Mostra Bienal CAIXA de Novos Artistas é voltada exclusivamente para a categoria de Artes Visuais (fotografia, escultura, pintura, gravura, grafite, desenho, objeto, instalação, videoinstalação, intervenção e novas tecnologias). [LINK AQUI]

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Contribua com a Convenção da Diversidade Cultural


Fortalecer o direito dos países de terem suas próprias políticas culturais e promover a diversidade cultural no mundo. Esses são os pilares que sustentam a Convenção sobre a Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Desde 2008, países que assinaram a Convenção elaboram relatórios quadrienais para avaliarem o que foi realizado na área cultural e definirem os planos para os quatro anos seguintes. 
 
Pela segunda vez, o Brasil participa da produção desses relatórios, sempre com a participação da sociedade civil. Para isso, o Ministério da Cultura (MinC) lançou consulta pública, que será realizada das 14h desta quarta-feira (22) até às 18h da próxima segunda-feira (27). Qualquer pessoa pode contribuir com a produção do relatório quadrienal 2012-2015 da Convenção.
 
Propostas e comentários ao relatório devem ser feitas on-line, por meio da plataforma do Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC). Para participar, conselheiros e demais integrantes da sociedade civil devem se cadastrar na plataforma e cumprir mais duas etapas. Na primeira, eles poderão fazer comentários sobre o conteúdo produzido pelo governo e, na segunda, poderão descrever atividades realizadas e atividades planejadas para o próximo quadriênio.  
 
O documento, que será entregue à Unesco no dia 30 de junho, trata do que foi realizado nos últimos quatro anos no Brasil em termos de políticas públicas na área cultural. Também estarão presentes propostas para os próximos quatro anos. O relatório é feito por gestores públicos com a participação da sociedade civil, de acordo com o que estipula a própria convenção. 
 
"A ideia é promover a troca de boas experiências entre os países e fortalecer as políticas culturais de cada nação, de forma que bens e serviços culturais trocados tenham diversidade e representatividade, não sejam apenas vindos do Hemisfério Norte para o Sul", explica a especialista em gestão pública de cultura, Giselle Dupin, servidora do MinC e ponto focal da Unesco no Brasil em relação à Convenção. 
 
CNPC
 
No caso brasileiro, a principal participação social virá dos integrantes do plenário do CNPC, que reúne gestores públicos federais, estaduais e municipais; representantes da sociedade civil em áreas técnico-artísticas e de patrimônio cultural; representantes de entidades acadêmicas, empresariais, fundações e institutos; e personalidades com notável saber na área cultural.
 
"São pessoas indicadas pela sociedade para representá-la. Elas acompanham, fiscalizam, constroem e indicam políticas públicas e têm condições de contribuir nas diferentes áreas da cultura", explica a coordenadora geral do CNPC, Christiane Ramirez. 
 
Para tirar dúvidas dos interessados, será realizado nesta quarta-feira (22), às 16h, um bate-papo on-line, que será transmitido ao vivo pelo site e redes sociais do Ministério da Cultura (MinC). Estarão presentes a servidora Giselle Dupin e o secretário substituto da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do MinC, Daniel Castro. A mediação será da coordenadora geral do CNPC, Christiane Ramirez. 
 
Camila Campanerut
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura

quarta-feira, 22 de junho de 2016

FCC abre inscrições para Edital Livre do Fundo Municipal da Cultura


A Fundação Cultural de Curitiba abriu as inscrições para o Edital “Categoria Livre” do Fundo Municipal da Cultura (FMC) 2016. Os proponentes podem inscrever seus projetos até às 17h50 do dia 18 de julho, exclusivamente pelo Portal da FCC. Para acessar o edital e fazer sua inscrição, clique no link Lei de Incentivo no site da FCC. Serão contempladas ações com execução de janeiro de 2017 a janeiro de 2018.

O edital, no valor total de R$ 2 milhões, financiará projetos de R$ 4 mil até o valor máximo de R$ 45 mil. Com mais este recurso oferecido, o investimento total da Prefeitura de Curitiba nos editais da Lei Municipal de Incentivo, entre 2013 e 2016, somou mais de R$ 62 milhões. Foram cerca de R$ 43 milhões para editais do Mecenato Subsidiado e outros R$ 19 milhões em projetos do Fundo Municipal de Cultura – já descontados valores contingenciados. Isso representa um aumento de 26% nos recursos destinados entre 2009 e 2012, quando a Prefeitura dirigiu pouco mais de R$ 49 milhões para os editais.

O Edital Livre contemplará projetos nas áreas das artes e da cultura: música; artes cênicas, compreendendo teatro, dança, circo e ópera; audiovisual – cinema, vídeo, internet, televisão e rádio; literatura; artes visuais – fotografia, artes plásticas, design e artes gráficas e tecnológicas; patrimônio histórico, artístico e cultural; folclore, artesanato, cultura popular e demais manifestações culturais tradicionais, contempladas pelo Programa de Apoio e Incentivo à Cultura.

Com o recurso, os aprovados poderão custear qualquer despesa decorrente do projeto, como cachês, passagens, hospedagens, alimentação, transportes, aquisição de material de consumo, locações de espaços, equipamentos e serviços. Além disso, poderão complementar o valor do projeto com recursos próprios, com patrocínios e até através de editais de outras instituições.

O Edital “Categoria Livre” foi uma demanda da classe artística durante as Conferências Municipais de Cultura. A minuta passou por consulta pública, entre os meses de março e abril, antes de ser publicada. A devolutiva das questões está disponível para consulta no portal da FCC, também na página da Lei de Incentivo.

Entre as sugestões acatadas está a divisão em modalidades por valor de projeto. Serão projetos de R$ 4 mil a R$ 14.999 (até R$ 400 mil no total); a segunda de R$ 15 mil a R$ 24.999 (limitado a R$ 600 mil); e a terceira de R$ 25 mil a R$ 45 mil (somando até R$ 1 milhão). Com isso a FCC espera aprovar aproximadamente 70 projetos.

“Desta forma, aumentamos a quantidade de projetos aprovados e incentivamos a apresentação de projetos de pequenos empreendimentos e artistas iniciantes”, explica a diretora de Incentivo à Cultura, Maria Angélica da Rocha Carvalho. Segundo a diretora, o edital segue os mesmos moldes de 2015, que teve grande aceitação da classe e contou com 46 projetos aprovados.

Parceria
Para facilitar o processo de inscrição, a FCC e a Secretaria de Estado da Cultura estabeleceram uma parceria para o uso do SISPROFICE, sistema desenvolvido pela Celepar para o Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná. As inscrições serão realizadas exclusivamente pelo sistema. Trata-se de um projeto piloto que servirá de base para utilização do SISPROFICE por outros municípios do estado.

Planejado pela FCC e aprovado pela Comissão do Fundo Municipal de Cultura, o calendário de Editais do FMC 2016 foi alterado para se adequar às medidas de austeridade aplicadas pela administração municipal.

Informações financeiras adicionais sobre os editais do PAIC podem ser encontradas na página Transparência. Os Textos e Consultas Públicas dos Editais são encontrados na página Lei de Incentivo.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Palestra em São Paulo sobre acessibilidade em espaços culturais

O encontro é gratuito e será realizado no Centro de Pesquisa e Formação, do Sesc/SP
Autografias: Acessibilidade em espaços culturais: mediação e comunicação sensorial

Programa
A palestra apresenta o processo de pesquisa de doutorado que resultou no livro "Acessibilidade em Espaços Culturais: mediação e comunicação sensorial", (Educ/FAPESP, 2015). Além do relato sobre o processo de transformação da tese em livro e em formato acessível, áudiolivro com audiodescrição, serão abordados temas correspondentes aos principais conteúdos da publicação: acessibilidade em espaços culturais; mediação e comunicação sensorial e boas práticas nacionais e internacionais. Apresentação dos resultados de investigação teórica e empírica sobre os diversos benefícios do uso das estratégias de comunicação e mediação sensorial nos espaços culturais. A escolha de investigar prioritariamente os museus e espaços culturais brasileiros resultou em novas descobertas que abriram possibilidades de análise e conclusões, e levaram a um cenário extremamente positivo e esperançoso: o sonho da "mudança cultural" a caminho de uma comunicação humana e livre de barreiras nos espaços culturais, que se proponha a ser acessível e inclusiva para todos os indivíduos, independentemente de suas características físicas, sensoriais, cognitivas, psíquicas, psicológicas e sociais.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Tradução em Libras disponível. Faça a solicitação no ato da inscrição, com no mínimo dois dias de antecedência da atividade.

Data: 29/06/2016 Dia e Horário: Quarta-feira, das 19h às 21h Local: Rua Doutor Plínio Barreto, 285 - 4º andar - Bela Vista - São PauloPalestra gratuita

Palestrante

Viviane Panelli Sarraf

Viviane Panelli Sarraf

Pesquisadora de pós-doutorado em Museologia pela USP, fundadora da consultoria Museus Acessíveis

terça-feira, 14 de junho de 2016

Formulário em WORD para submissão de projetos de Festivais de Artes Cênicas para o edital Iberescena

O IBERESCENA foi criado em novembro de 2006, tendo como base as decisões adotadas pela Cúpula Ibero-americana de Chefes de Estado e Governo, celebrada em Montevidéu (Uruguai), decisões estas relativas à execução de um programa de fomento, intercâmbio e integração das atividades de artes cênicas ibero-americanas. IBERESCENA, através do seu Edital, pretende promover os Estados membros e, por meio de ajudas financeiras, criar um espaço de integração para as Artes Cênicas. O Fundo IBERESCENA está atualmente integrado por 13 (treze) países que financiam o Programa: Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Chile, Equador, El Salvador, Espanha, México, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai e pela Secretaria Geral Ibero-americana (SEGIB). IBERESCENA é dirigido pelo Comitê Intergovernamental IBERESCENA (CII), para o qual cada Estado integrante designa uma autoridade de artes cênicas como seu representante (Antena).

A partir deste ano os interessados em inscrever projetos podem fazer o procedimento online. Nós do EPRSB, entramos na plataforma e fizemos a transposição do formulário em word pra você ver melhor como deve subir a sua proposta. Este formulário é referente ao edital de Apoio a redes, festivais e espaços cênicos para a programação de espetáculos.

As informações escritas em vermelho são observações nossas sobre o formulário.
Boa sorte!!!

Objeto: A presente convocatória é dirigida a redes, festivais, salas e espaço cênicos públicos ou privados de países integrantes do IBERESCENA, para a programação de espetáculos iberoamericanos, cuja prioridade seja mostrar propostas de circo, de dança contemporânea e/ou criação atual e de teatro, dos países membros do Programa.

Aporte: O valor máximo desta ajuda será de 30.000 euros e estará sujeito a disponibilidade do Fundo.

As inscrições terminam em 30 de setembro.

Mais informações em: iberescena.org/es/bases-convocatorias
Para subir e enviar projetos: solicitudes.iberescena.org

quarta-feira, 8 de junho de 2016

INSCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ 25/07!!! Lançados os editais do Proac para projetos de Circo

São três concursos que contemplam projetos de apresentações em lona, números circenses e montagem e circulação de espetáculos de circo.

Os editais do Programa de Ação Cultural – Proac – do Governo do Estado começam a ser lançados por volta do mês de maio e em conjuntos de editais, geralmente por áreas artísticas e culturais. Dia 06 de junho foram lançados os editais para projetos na área de artes circenses. São quatro textos para leitura e que contemplam projetos de apresentações em lona, números circenses e circulação de espetáculos de circo. Veja abaixo um resumo destes e os principais links para fazer a sua inscrição.

Boa sorte!!

Neste edital, um dos projetos vencedores
em 2015 foi o Circo  Stankowich
com o espetáculo Celebration.
Edital Nº 10/2016 - “Concurso de apoio a projetos de circo de lona com itinerância no Estado de São Paulo”: Seleção de 07 (sete) projetos que contemplem a produção de espetáculo em circo de lona ou o aprimoramento do espetáculo do circo de lona com itinerância no Estado de São Paulo, sendo que ambos poderão contemplar também a manutenção de circo de lona, com prêmio de R$60.000,00 (sessenta mil reais) cada [link aqui]. Prazo para entrega da inscrição: 20 de julho de 2016, até às 17h.





No edital nº 11 de 2015, um dos vencedores
 foi o Circo de Ébanos com o projeto do espetáculo Eranko.
Edital Nº 11/2016 - “Concurso de apoio a projetos de montagem e temporada e/ou circulação de espetáculo de circo no Estado de São Paulo”: Seleção de 09 (nove) projetos que contemplem a montagem e temporada e/ou circulação de espetáculo de circo, realizado por grupo circense no Estado de São Paulo, com prêmio de R$60.000,00 (sessenta mil reais) cada [link aqui]. Prazo para entrega da inscrição: 20 de julho de 2016, até às 17h.




O Número (su) Portando Ele, da Cia ELAmaisEU
foi um dos projetos vencedores deste edital em 2015
Edital Nº 12/2016 - “Concurso de apoio a projetos de produção e apresentações de número circense no Estado de São Paulo”:   Seleção de 15 (quinze) projetos que contemplem a produção e apresentações de número circense no Estado de São Paulo, com prêmio de R$15.000,00 (quinze mil reais) cada. [Link aqui]  Prazo para entrega da inscrição: 20 de julho de 2016, até às 17h. 



O que deve ser apresentado: O projeto deverá ser enviado através do Sistema on-line, em formato ‘pdf’, em um único arquivo no tamanho de até 12 Mb.
Formato do projeto: Fonte: Arial / Tamanho da fonte: 12 / Espaçamento entre linhas: 1,5 cm / limite de 20 (vinte) páginas, exceto Anexos (subitem ‘i’);

Entrega: As inscrições serão feitas exclusivamente através do Sistema on-line disponível no site desta Secretaria: cultura.sp.gov.br.

Mais informações: Eventuais esclarecimentos referentes a este Concurso serão prestados nos dias úteis (horário: das 13 às 17 horas) na Secretaria da Cultura, na Sala 205 (Edital – ProAC) - Rua Mauá, 51, Bairro Luz, São Paulo/SP - ou pelos telefones: (11) 3339-8275 e (11) 3339-8226.

Principais mudanças nos editais PROAC 2016 [link aqui]
Montagem do EPSB da plataforma do Proac para o Word [link aqui]


Sobre a instituição: O Programa de Ação Cultural do Governo de São Paulo é regulamentado pela Lei nº 12.268 de 20/02/06. O ProAc possui duas vertentes de apoio a projetos culturais: Editais/Concursos: apoio por meio da seleção pública de projetos cuja premiação é proveniente de recursos orçamentários da Secretaria de Estado da Cultura; e Incentivo Fiscal (ICMS): apoio por meio de patrocínio(s) de contribuintes habilitados do ICMS a projetos previamente aprovados pela Secretaria de Estado da Cultura.

AddThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...