quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Cursos de pós-graduação e extensão em Gestão Cultural com inscrições abertas em São Paulo

Para os que procuram conhecimento mais aprofundado sobre gestão de bens culturais seguem duas sugestões de cursos de pós-graduação em Gestão Cultural que estão com inscrições abertas para novas turmas em 2016.
 
1. Gestão Cultural: Cultura, Desenvolvimento e Mercado
Instituição: SENAC SP
O curso é presencial e ocorre nas unidades Lapa Scipião (capital de São Paulo) e na cidade de Campinas.
Resumo do curso, segundo site sp.senac.br:
 
Especializar profissionais para atuarem como gestores culturais nas esferas pública, privada e de organizações sociais, com visão crítica, global, estratégica, empreendedora e ética. A especialização capacita o gestor cultural para gerenciar projetos que se materializam em programas e atividades, a partir de planejamento - pesquisa, análise, gestão, implementação e avaliação de programas, projetos e políticas culturais, e linhas programáticas definidoras de políticas culturais, participando de todas as fases do processo: criação, produção, distribuição e difusão.
 
O período de inscrições encerra em 29 de fevereiro e estas podem ser feitas pela internet. Link e mais informações sobre o curso [AQUI]

2.Curso de Extensão Gestão Cultural
Instituição: PUC - SP
O curso também é presencial e ocorre na unidade da Vila Mariana, São Paulo/SP.
Resumo do curso, segundo site pucsp.br

Apresentar conceitos e técnicas de gestão a serem utilizados na produção e gestão cultural, bem como na formulação de políticas culturais e no funcionamento do sistema da cultura como um todo.
 
O período de inscrições encerra em 10 de fevereiro, mas esta data está sujeita ao preenchimento do número de vagas. Link e mais informações sobre o curso [AQUI]
 

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Workshop sobre fotografia para eventos e montagem de exposições de arte


De 27/02 a 19/03 a Oficina Cultural Sergio Buarque de Holanda, promove o workshop Fotografia de Eventos - Módulo II - Montagem de Exposição. As aulas são uma continuação da oficina anterior, mas é aberta a todos os interessados na área e pode ser uma ferramenta de conhecimento para artistas visuais e produtores que direcionam seus trabalhos para esta área.
 
As aulas serão sempre aos sábados, das 14h às 17h, na Oficina Cultural Sergio Buarque de Holanda, localizada na rua São Paulo, nº 745 - centro de São Carlos, interior de São Paulo.

"Serão abordados os conceitos de curadoria para exposições fotográficas, desde a seleção das imagens, tamanhos ideais de fotos, impressão em vários tipos de papéis, disposição nos espaços, formas de acabamento etc. Ao final, será feita a seleção do material fotográfico que foi produzido durante a programação dos 25 anos da Oficina Cultural". Fonte: site Oficinas Culturais.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas online no site das Oficinas Culturais até o dia 30 de janeiro [link aqui].

A atividade será ministrada por Bê Caviquioli e Matheus Mazini. Saiba mais sobre eles:
 
Repórter fotográfico profissional desde 2001, Bê Caviquioli trabalhou com freelancer para diversas agências e portais jornalísticos, como Agência Estado, Agência O Globo, Folhapress e Portal Terra, entre outros. Cobriu as últimas edições da Copa São Paulo de Futebol Júnior e do Campeonato Paulista da primeira e da segunda divisão.
 
Fotógrafo e publicitário, Matheus Mazini é doutorando em Artes Visuais pela ECAUSP, onde integra o grupo de pesquisa Realidades: das realidades tangíveis às realidades ontológicas e seus correlatos. É autor dos livros “Sorocaba ‘Obra Aberta’”, “Sorocaba Além das Formas” e “A Fotografia e o Tempo”. Atualmente é programador visual da UFSCar e professor universitário.

 Mais informações: oficinasculturais.org.br - Sergio Buarque de Holanda

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Palestra "Gestão de Eventos Culturais" será realizada amanhã na Oficina Cultural Grande Otelo

Show da cantora Pitty na Virada Cultural Paulista
Sorocaba - 2015. Fonte: pittystop.com.br
A programação de cursos, palestras e apresentações das Oficinas Culturais de São Paulo deste semestre esta toda disponível no site do programa. Fizemos uma seleção das atividades ligadas à produção de bens culturais e, ao longo do mês, vamos postar aqui a nossa seleção.

Amanhã, dia 27/01, às 14h, será realizada a palestra "Gestão de Eventos Culturais", na Oficina Cultural Grande Otelo, localizada na cidade de Sorocaba.

"O encontro tem o objetivo de municiar dirigentes, agentes e produtores culturais com informações e instrumentos essenciais para o planejamento estratégico e pré-produção eficiente de eventos culturais nos municípios". Fonte: site Oficinas Culturais.

A palestra é voltada para gestores, produtores e agentes culturais maiores de 18 anos. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas diretamente na unidade. A Oficina Cultural Grande Otelo fica na Rua Ramos de Azevedo, 277, CEP 18035-480, Centro de Sorocaba, SP.

A atividade será ministrada por Osmir Antonio da Silva, que é chefe da Divisão de Eventos da Secretaria Municipal de Cultura de Sorocaba, onde coordena os maiores eventos culturais anuais da cidade (Carnaval, Festa do Tropeiro e Virada Cultural, entre outros). Foi supervisor do Teatro Municipal e responsável pela criação e administração da Usina Cultural e do Parque dos Espanhóis.

Mais informações: oficinasculturais.org.br - Grande Otelo

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Inscrições abertas para chamada pública de artistas – arte na rua, de Niterói/RJ

O edital Arte na Rua parte do princípio de que as ruas são livres para as manifestações artísticas.

Este circuito das artes percorre variadas ruas, praças e outros espaços públicos de Niterói com apresentações nas mais diversas linguagens artísticas, e leva para próximo do público artistas, em especial os de Niterói.

Nome do Edital: Edital Arte na Rua 2016

Quem promove: Secretaria Municipal de Cultura de Niterói/RJ

Objeto: Fomentar a produção cultural local através do incentivo à criação de novas propostas culturais pelos artistas da cidade

Quem pode participar: artistas e/ou grupos de artistas em teatro, dança, capoeira, circo, música, folclore, literatura, poesia, arte digital, moda, artesanato, artes plásticas, audiovisual, arte urbana, arte popular, artes integradas, entre outros, com residência na cidade de Niterói.

Aporte: O pagamento pela apresentação será de R$ 750,00.

Prazos: As propostas de que tratam a presente Chamada Pública deverão ser inscritas por meio de preenchimento do Formulário de Cadastro de Proposta e de Pessoa Física que estará disponível no site culturaniteroi, a partir de janeiro de 2016, até o dia 23 de setembro de 2016

O que deve ser apresentado

  • Formulário
  • Cópia de documento oficial com foto
  • Cópia de CPF
  • Cópia de PIS / PASEP / NIS / NIT
  • Cópia do comprovante de residência
  • Amostras do trabalho proposto.
Mais informações: As propostas inscritas deverão ser para apresentações em ruas, praças públicas e espaços públicos similares.

Sobre a Instituição: Foi estabelecido que os esforços do Instituto (FAN) seriam direcionados ao incentivo de programas e projetos para o desenvolvimento e aprimoramento das artes, visando maior participação do público e da classe artística na produção e divulgação das artes em Niterói.



sábado, 23 de janeiro de 2016

Curso "Gestão em Dança", no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo

Fonte: site do Centro de Pesquisa e Formação

A dança se insere hoje no panorama cultural da cidade e do país como uma atividade profissional crescente que, ao mesmo tempo, necessita se inserir de forma mais eficiente e assertiva no mercado cultural do país. Não basta ter um grupo, um edital aprovado, uma escola. Em tempos de processos em rede, editais dos mais diversos, economia criativa, sustentabilidade, faz-se necessário entender melhor o papel do diretor, coreógrafo, produtor e do bailarino na cena cultural atual. Da criação, passando pela produção até a circulação do trabalho de dança, os diferentes processos necessitam um planejamento concatenado, que garanta a difusão do bem artístico. Este curso pretende oferecer instrumentos para profissionais da área de dança, capacitando-os para melhor gerir seus projetos, planejarem suas ações a médio e longo prazo.

Palestrante

Lara Pinheiro | Coreógrafa, bailarina, mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, professora do Curso de Comunicação das Artes do Corpo da PUC-SP, foi diretora do Balé da Cidade de São Paulo de 2009 a 2014.

As inscrições pela internet [link aqui] podem ser realizadas até um dia antes do inicio da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Data: 15/02/2016 a 24/02/2016 | Dias e Horários: Segundas e quartas, 19h30 às 21h30 | Local: Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar, Bela Vista - São Paulo | Valores: R$ 15,00 - credencial plena (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes) | R$ 25,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante | R$ 50,00 - inteira


Tradução em Libras disponível. Faça sua solicitação no ato da inscrição, com no mínimo dois dias de antecedência da atividade.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Oficina "O Artista como Produtor", em fevereiro na cidade de São Paulo


A oficina propõe exercícios práticos e uma discussão sobre políticas culturais, financiamento da cultura e conceitos de produção cultural. O objetivo é que os participantes sejam não apenas capacitados para viabilizar seus projetos artísticos dentro do contexto político, cultural e socioeconômico em que vivemos, como também sejam convidados a refletir sobre o cenário atual. Serão abordados, a partir de metodologia própria do coordenador, elaboração de projetos, captação de recursos, produção executiva, comunicação, administração e prestação de contas.

A oficina será realizada na Oficina Cultural Oswald de Andrade e será conduzida por Gabriel Fontes Paiva, da Fontes Realizações Artísticas.

Data: 29/2 a 10/3 – segundas a quintas-feiras – 10h às 13h
Perfil do públicoartistas interessados em produzir seus próprios trabalhos e produtores culturais 
Quem pode participar: todos os interessados com idade a partir de 18 anos
Onde: Oficina Cultural Oswald de Andrade: Rua Três Rios, 363 - Bom Retiro, São Paulo.

20 vagas
Inscrições: 19/1 a 22/2. [acesse aqui a ficha de inscrição
Seleção: currículo breve e descrição em até 5 linhas do projeto cultural que tenha intenção de produzir.

Inscrições abertas para o Edital ocupação e folhetaria do Centro Cultural São Paulo

Fonte: site CCSP
Podem ser inscritos Projetos Artísticos/Educativos, nas seguintes categorias: Propostas de Residência Artística e Proposta para Oficina de Arte Impressa

Os processos de impressão possíveis são: serigrafia, gravura em madeira, tipografia e offset, sendo que tipografia e offset ficam condicionados às possibilidades da instituição, já que tanto funcionários como equipamentos precisam estar disponíveis quando houver demandas institucionais.
           
Nome do Edital: Edital ocupação folhetaria do Centro Cultural São Paulo 2016

Quem promove: Centro Cultural São Paulo

Objeto: O Centro Cultural São Paulo oferece oportunidade para artistas, coletivos, estudantes, escritores e interessados em impressão artesanal.

Quem pode participar: Ser brasileiro ou estrangeiro residente no Brasil.

Prazos: Até 15 de fevereiro de 2016 encontram-se abertas as inscrições.

O que deve ser apresentado

  • Ficha de inscrição;
  • Declaração;
  • Currículo; 
  • Portfólio; 
  • Projeto na forma descritiva, desenhos, boneco ou outro material que expresse o trabalho a ser desenvolvido durante a residência ou oficina. O projeto não deve ultrapassar 10 páginas e deve conter: 
    • conceituação; 
    • objetivo; 
    • detalhamento de materiais a serem utilizados em sua produção; 
    • demais detalhes que possam ser importantes para o entendimento completo do projeto; 
    • cronograma simples de execução, considerando:
As inscrições deverão ser feitas pelo correio e enviadas para:

OCUPAÇÃO FOLHETARIA DO CCSP / RESIDÊNCIA ou
OCUPAÇÃO FOLHETARIA DO CCSP / OFICINA
Rua Vergueiro, 1000, Paraíso CEP 01504-000 – São Paulo – SP
Mais informações: As residências serão realizadas nos seguintes períodos:

Primeira residência: maio, junho e julho de 2016
Segunda residência: agosto, setembro, outubro de 2016

Sobre a Instituição: Espaço público de cultura e convívio, o Centro Cultural São Paulo (da Secretaria Municipal de Cultura) recebe o público em quatro pavimentos de uma área de 46.500 m² localizada entre as ruas Vergueiro e a 23 de maio, e entre as estações Vergueiro e Paraíso do metrô. Inaugurado em 13 de maio de 1982, a partir da necessidade de uma extensão da Biblioteca Mário de Andrade, transformou-se em um dos primeiros espaços culturais multidisciplinares do país.



quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Cultura e Mercado oferece curso sobre produção de eventos culturais



A produção cultural brasileira vive um momento interessante. Por um lado observa o desgaste dos mecanismos tradicionais de financiamento. Por outro, experimenta o grande boom da indústria do entretenimento, o fenômeno das redes e mídias digitais, além do surgimento de uma nova classe produtora e consumidora de cultura.

O curso Produção Cultural traça um breve panorama da área de cultura e entretenimento, apresentando dados e indicadores do cenário cultural brasileiro, além de situar os participantes nas principais atividades inerentes à produção de shows e eventos culturais: planejamento, logística, aspectos legais, gestão financeira e pós-produção.

Em paralelo, apresenta as possíveis áreas de atuação no setor de produção, abordando os principais componentes e ferramentar para trabalhar na área de shows e eventos artísticos.

O curso de Produção Cultural é destinado à estudantes, gestores culturais e interessados na área, que buscam aprimoramento no setor. 

O curso será realizado dias 13 e 14 de fevereiro, das 9h às 17h.

Programa

Aula 1| Panorama do entretenimento | Cenário brasileiro da exclusão cultural. Áreas de atuação.

Aula 2Conceitos de Produção e Logística | Aplicação na área de shows e eventos artísticos.

Aula 3Componentes da logística em eventos | Áreas que precisam de um gerenciamento e planejamento logístico.

Aula 4Gerenciamento legal  e de risco | Aspectos legais, questões jurídicas, impostos e entidades envolvidas e pós produção.

Fonte: site Cultura
e Mercado
O curso será ministrado por Isaira Maria Garcia de Oliveira, que é Pós Doutoranda pela Escola de Comunicação e Artes da USP e possui mais de 25 anos de experiência na área. Trabalhou no SATED/São Paulo, SINDDança (produção do ENDA - Encontro Nacional de Dança), Smac Empreendimentos Culturais(todos os espetáculos do Cult Crowne Plaza e Cul Hilton), Cia de Dança Pavilhão D, Dell´Arte Produções Artísticas (Pavarotti in Concert), DC Set Produções (Produção show da Madonna- The Girl Show), entre outras.

Possui Doutorado em Artes pela Unicamp, Mestrado em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi, Pós Graduação em Docência em Turismo e Hotelaria para Ensino Superior pela Faculdade Senac de Turismo e Hotelaria e Graduação e Licenciatura em Comunicação Social, com habilitação em Publicidade e Propaganda pela FAAP – Faculdade Armando Álvares Penteado Técnica em Turismo, com habilitação pelo Ministério do Turismo como Guia Regional, Nacional e América do Sul pelo SENAC.

Autora de vários artigos e trabalhos, publicados em Anais de Congressos; autora do livro: Hospitalidade em shows de música. Um estudo sobre as relações entre profissionais dos bastidores, artista e espectador nas casas de espetáculos. São Paulo, Editora Laços,2012, e de trabalhos como: Eventos artísticos: Do Papel aos Palcos.In Planejamento, organização e sustentabilidade em eventos culturais, sociais e esportivos. Org. Marlene Matias. Barueri, Manole, 2011

Serviço

Local | Cultura e Mercado: Rua Capitão Salomão, 26, 1 andar - Centro - São Paulo (SP). Ao lado metrô São Bento

Valor do Investimento| Até 21 de janeiro de 2015: 3 x R$ 186,00 (cento e oitenta e seis reais) = Total: R$ 558,00 | A partir de 22 de janeiro de 2015: 3 x R$ 208,00 (duzentos e oito reais) = Total: R$ 624,00

Formas de pagamento via Pagseguro| À vista no boleto bancário ou débito online em conta | Parcelado em até três vezes sem juros nos cartões de crédito.

A inscrição pode ser feita pelo site do Cultura e Mercado [link aqui]

Sobre a instituição Cultura e Mercado é uma escola de gestão e produtora de conteúdo voltada para os mercados de cultura, entretenimento e economia criativa. Atuamos desde 2010 com a missão de desenvolver e profissionalizar esses setores no Brasil.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Inscrições para o Prêmio Mercosul de Artes Visuais de residência artística


Interna do Espacio de Arte Contemporáneo. Fonte: eac.gub.uy
Iniciativa promove encontro para residência artística no Uruguai

O Prêmio MERCOSUL de Artes Visuais tem o objetivo de incentivar e reconhecer o trabalho de artistas visuais da região para contribuir com a integração entre os Estados Partes e Associados do MERCOSUL, contemplando a diversidade, a identidade cultural latino-americana, sua memória e história.

Este prêmio vai promover processos de residência artística tanto para criação quanto para exibição de trabalhos. Veja abaixo o resumo do edital e boa sorte.

Nome do EditalPrêmio Mercosul de Artes Visuais

Quem promove: Mercosul Cultural

Objeto: Seleção de propostas para a realização de residências artísticas que promovam o intercâmbio, o conhecimento mútuo e a difusão de ações e realizações por artistas dos países do Mercosul, sendo estes: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela, Guiana e Suriname.

O prêmio consiste numa residência artística de três a quatro semanas de duração a realizar-se no Espacio de Arte Contemporáneo (EAC), na cidade de Montevidéu, Uruguai, para um artista por cada Estado Parte e Associado.

Interna do Espacio de Arte Contemporáneo.
Fonte: 
eac.gub.uy
Mais informações sobre o Espacio de Arte Contemporáneo aqui | aqui e aqui.

A residência é entendida como um processo artístico aberto, mas que parte de uma justificativa prevê um desenvolvimento e busca um fim determinado. Em todos os casos, os postulantes deverão formular uma proposta de residência com base num projeto artístico, em que se expressem claramente seus antecedentes, interesses, objetivos, metodologias, etapas de trabalho e a finalidade geral da estadia ativa.

Quem pode participar: artistas maiores de 18 anos de idade que deverão estar vinculados aos Estados Partes e Associados do MERCOSUL, seja por nacionalidade (nativo ou naturalizado) ou com um residência de pelo menos 5 anos. As inscrições são apenas individuais, feitas por pessoa física.

Aporte: A assistência dos ganhadores inclui passagem aérea, uma soma equivalente a USD 2.000. – (dois mil dólares) para gastos de produção da obra e manutenção do artista, a cargo de cada país.

Prazos: as inscrições vão até 20 de março.

O processo de seleção se dá em duas etapas: cada país deve encaminhar para o Mercosul Cultural até 10 propostas de residência, portanto, os artistas brasileiros devem encaminhar até o dia 20/03 suas propostas para o Minc que fará uma pré-seleção. Esta lista estará disponível a partir do dia 01 de abril na plataforma do edital.

A lista de ganhadores se dará a conhecer durante o mês de abril de 2016, e as residências serão levadas a cabo durante o mês de junho de 2016.

O que deve ser apresentado:
Cada inscrição deve ser encaminhada em formato PDF que deverá incluir:
  • uma proposta artística e um plano de trabalho a ser desenvolvido durante a residência no Uruguai. A referida proposta constará de um texto com não mais que 1.000 palavras que explique o conceito e o desenvolvimento da mesma e poderá estar acompanhada por imagens, esquemas ou desenhos que ajudem sua compreensão
  • um Curriculum Vitae de no máximo 500 palavras onde constarão seus dados pessoais (nome e sobrenome, data de nascimento, número e tipo de documento, endereço, telefone e correio eletrônico) e seus antecedentes artísticos (estudos formais e informais, participação em exposições, etc.).
  • 10 (dez) imagens de obras de sua autoria produzidas dentro dos últimos cinco anos, em ordem cronológica e em formato JPG. É condição indispensável que cada imagem esteja corretamente identificada em rodapé com referência de dimensões, técnica, título e ano de realização. Poderá ser remetida mais de uma imagem por obra para compreensão cabal da mesma em todos os detalhes.
  • Um breve texto sobre sua produção artística de não mais que 500 palavras. - Quando se trate de produções audiovisuais, deverão ser consignados os links onde se encontrem alojados os vídeos para sua visualização.

Obs.: A apresentação em seu conjunto (texto e imagens), não deverá superar os 10 (dez) megabytes (MB).

Toda a postulação deverá ser apresentada em um dos idiomas de trabalho do MERCOSUL (espanhol ou português).

Entrega e mais informaçõesAs inscrições devem ser enviadas para o endereço eletrônico: pmercosulav@funarte.gov.br.

Dúvidas e esclarecimentos deverão ser solicitados somente por este email.

Sobre a instituição: O Mercosul Cultural foi criado em 1995 e se configura como a união das maiores instâncias da gestão e bens culturais dos países membros do bloco. No caso do Brasil, a representação é de responsabilidade do Ministério da Cultura. Mais informações sobre o Mercosul Cultural aqui.

Fonte(s): Edital completo e funarte.gov.br

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Centro Cultural São Paulo recebe propostas de exposições, projetos curatoriais e residências artísticas

Quem quiser conferir parte dos trabalhos aprovados no Programa de Exposições 2015, a III Mostra está em exposição no CCSP até o dia 20 de fevereiro. Entrada gratuita. Foto/Fonte: Evento no Facebook do CCSP. Mais informações aqui 
Podem se inscrever artistas de todo o Brasil até o dia 12 de fevereiro.

O Programa de Exposições do Centro Cultural São Paulo privilegia o debate sobre a arte contemporânea ao propor um mapeamento da produção recente com objetivo de abrir espaço a artistas em início de trajetória profissional e confirmar a sua inserção no circuito de artes visuais e de possibilitar o acesso do público a obras representativas do panorama artístico. São três linhas de financiamento de trabalhos. Veja abaixo o resumo do edital.

Nome do Edital: Edital de Concurso Programa de Exposições 2016

Quem promove: Prefeitura Municipal de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura

Objeto: Seleção de 16 (dezesseis) Projetos Artísticos, nas seguintes categorias: 12 (doze) Exposições Individuais, 01 (uma) Proposta Curatorial e 03 (três) Residências a serem realizados pelo Centro Cultural São Paulo.

Das categorias de participação
  • Exposições Individuais: serão realizadas três Mostras nos pisos expositivos do Centro Cultural São Paulo, em datas a serem definidas pelo CCSP até a assinatura dos contratos;
  • Proposta Curatorial: seleção de 01 (um) Curador ou grupo curatorial para execução de um projeto curatorial com obras do acervo da Coleção de Arte da Cidade, sob guarda do Centro Cultural São Paulo, constantes no link: centrocultural.sp.gov.br com articulações estéticas entre os seguintes processos complementares: discursivos, editoriais, educativos e de acessibilidade para pessoas com deficiência. O resultado do projeto será exposto na Sala Tarsila do Amaral, no Centro Cultural São Paulo, em data a ser definida pelo CCSP até a assinatura do contrato.
  • Residências: seleção de 03 (três) artistas e/ou curadores para desenvolverem um projeto de trabalho em Residências nas seguintes instituições:
    • JA.CA - Jardim Canadá Centro de Arte e Tecnologia [Nova Lima, MG] jaca.center;
    • JAMAC - Jardim Miriam Arte Clube [São Paulo, SP] jamac.org.br [exclusivamente para residentes fora da cidade de São Paulo];
    • Museo Experimental El Eco [Cidade do México, México] eleco.unam.mx
Quem pode participar: Ser brasileiro ou estrangeiro residente no Brasil. No caso de ser estrangeiro, este deverá comprovar residência através de RNE válida no ato da inscrição.
 
Para seleção nas categorias Exposições Individuais e Proposta Curatorial será permitida a inscrição individual ou coletiva. Na hipótese de inscrição coletiva as condições de participação deverão ser preenchidas por todos os integrantes do grupo.
 
Nos casos de candidatos a Residências, a inscrição apenas poderá ser realizada individualmente.
 
Cada proponente poderá se inscrever nas três categorias de concurso, porém, só será selecionado para uma delas.
Aporte: 
Exposições Individuais: Cada artista selecionado receberá o valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) – deduzidos os tributos previstos na legislação em vigor - para a produção e exibição do(s) trabalho(s) em uma das 3 Mostras do Programa Anual de Exposições do CCSP;

Proposta Curatorial: O candidato selecionado receberá o valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) - deduzidos os tributos previstos na legislação em vigor - para custear todas as despesas de produção da exposição, tais como: serviço de montagem fina e desmontagem da exposição, projeto expográfico, programação visual e impressão (serviço de plotagem), direitos autorais, produção de textos, manutenção, entre outros itens que envolverem a proposta e executar todo o projeto inscrito.

Residências: Será concedido a 03 (três) artistas e/ou curadores selecionados um prêmio para residência artística, com duração de 02 (dois) meses nas instituições, com as quais será feito um contrato no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) - deduzidos os tributos previstos na legislação em vigor - para cobrir os custos com a residência.

Prazos: as inscrições vão até 12 de fevereiro.

O que deve ser apresentado:
  • Ficha de inscrição preenchida e assinada;
  • Declaração preenchida e assinada;
  • Projeto contendo:
  • Apresentação obrigatória para todos os proponentes:
    • Portfólio (documentação da produção recente do proponente, registros fotográficos, textos ou impressos em geral);
    • Curriculum Vitae com identificação, formação acadêmica e atividades culturais mais relevantes para a seleção a que se propõe, com endereço, telefone e e-mail para contato. No caso de coletivos, devem constar os currículos de cada membro do grupo.
  • Documentação obrigatória por categoria especifica de concurso:
  • Exposições Individuais
    • Descrição sucinta e objetiva (no máximo uma lauda) da exposição ou trabalho inédito em São Paulo, a ser apresentado no CCSP, acompanhada de imagens;
    • Para obras em vídeo ou web, apenas serão aceitos DVDs e pendrives em formato MPEG4, AVI ou MOV.
  • Proposta Curatorial
    • Breve descrição do projeto curatorial adequado à ocupação proposta para a Sala Tarsila do Amaral, no Centro Cultural São Paulo, com resumo, descrição dos objetivos e justificativas em, no máximo, três laudas, não excedendo o formato A4 (21,0 cm x 29,7 cm);
    • Para a elaboração do projeto não será permitido, por motivos de segurança e conservação, o acesso à Reserva Técnica, limitando-se a consulta à relação de obras disponíveis no link: centrocultural.sp.gov.br;
    • Indicação das obras pertencentes ao acervo que deverão compor a exposição conforme a capacidade da Sala Tarsila do Amaral, se possível acompanhada de imagens;
    • Indicação da metodologia proposta para desenvolvimento e concretização da pesquisa e projeto;
    • Previsão de custos de produção da exposição (contendo pro labore do (s) curador (es), de palestrantes, montagem fina, comunicação visual, plotagem de textos e legendas da exposição, folder, equipamentos eletrônicos, entre outros).
Obs.: Apresentação impressa do projeto poderá ser realizada com o conteúdo que o proponente achar pertinente para a compreensão e avaliação da proposta;

A área livre da sala para fins de exposição é de aproximadamente 580m2 [48m x 12m]. A planta da Sala Tarsila do Amaral pode ser encontrada no link: centrocultural.sp.gov.br/Plantas.
  • Residências
    • A natureza dos projetos deve ser guiada pelo contexto específico das residências conveniadas [JA.CA - Jardim Canadá Centro de Arte e Tecnologia, JAMAC - Jardim Miriam Arte Clube e Museo Experimental El Eco] assim, a residência escolhida pelo candidato deve ser indicada no momento da inscrição, devendo constar também no projeto:
    • Carta de intenção (uma lauda), explicitando o seu interesse em realizar a residência e justificando a sua escolha entre as instituições possíveis;
    • A apresentação impressa do projeto poderá ser realizada com o conteúdo que o proponente achar pertinente para a compreensão e avaliação da proposta, não excedendo o formato A4 (21,0 cm x 29,7 cm).
Entrega e mais informações: As inscrições devem ser encaminhadas impressas apenas pelo correio para o endereço:

a) PROGRAMA DE EXPOSIÇÕES 2016 – Exposições Individuais, ou
b) PROGRAMA DE EXPOSIÇÕES 2016 – Proposta Curatorial, ou
c) PROGRAMA DE EXPOSIÇÕES 2016 – Residências

Curadoria de Artes Visuais
Centro Cultural São Paulo
Rua Vergueiro, 1000, Paraíso.
CEP 01504-000 – São Paulo – SP

Informações gerais sobre o Programa de Exposições poderão ser obtidas pelo telefone (11) 3397-4052 ou no site centrocultural.sp.gov.br/CCSP

Sobre a instituição: Espaço público de cultura e convívio, o Centro Cultural São Paulo (da Secretaria Municipal de Cultura) recebe o público em quatro pavimentos de uma área de 46.500 m² localizada entre as ruas Vergueiro e a 23 de maio, e entre as estações Vergueiro e Paraíso do metrô. Inaugurado em 13 de maio de 1982, a partir da necessidade de uma extensão da Biblioteca Mário de Andrade, transformou-se em um dos primeiros espaços culturais multidisciplinares do país.
 
 

AddThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...