terça-feira, 30 de junho de 2015

Edital Pró-Cultura do Governo do Rio Grande do Sul

Com o slogam #juntospelacultura, a Secretaria Estadual de Cultura do Rio Grande do Sul, abriu seletiva para projetos culturais. Os interessados tem até o dia 04 de julho para inscrição.

Nome do Edital: SEDAC nº 03/2015 Edital de Concurso “Pró-cultura RS FAC #juntospelacultura”

Quem promove: A Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul, por intermédio de sua Diretoria de Economia da Cultura.

Objeto: seleção de 67 projetos culturais que receberão financiamento do Pró-cultura RS Fundo de Apoio à Cultura – FAC. Os projetos apresentados deverão ser classificados em:
  • Produção e Inovação Cultural: projetos que desenvolvam novos bens culturais (produtos ou serviços inéditos e prontos para fruição), estimulando propostas inovadoras.
  • Apoio à Circulação: projetos que façam circular bens culturais (produtos e serviços) - tais como espetáculos, exposições, dentre outros - já produzidos e prontos para fruição.
  • Apoio à Programação Continuada em Espaço Cultural: projetos de programação cultural a ser desenvolvida regularmente por pelo menos 4 (quatro) meses, em um espaço cultural público ou privado, favorecendo a formação do hábito da frequência a espaços culturais.

Poderão ser contemplados projetos culturais relacionados com:
  • Artes cênicas (Circo, Dança e Teatro);
  • Artes integradas;
  • Artes visuais: "Design" artístico, Artes gráficas, Artes plásticas, Fotografia;
  • Artesanato;
  • Audiovisual: Concurso, Eventos de exibição, Novas mídias, Produção de cinema em curta ou média-metragem, Produção de cinema em longa-metragem, Produção de vídeo;
  • Carnaval de rua;
  • Culturas populares;
  • Literatura: Feira de livro, Impressão de livro, revista e outros;
  • Música;
  • Pesquisa e documentação: Patrimônio cultural imaterial;
  • Registro fonográfico;
  • Tradição e folclore.

Quem pode participar: pessoas físicas e jurídicas de direito privado. Os interessados devem estar habilitados no Cadastro Estadual de Produtor Cultural (CEPC) junto à Secretaria de Estado da Cultura – Sedac, até o dia 03 de julho. O cadastro deve ser feito pelo endereço procultura.rs.gov.br.

Cada proponente poderá inscrever 1 (um) único projeto.

Aporte: O aporte varia em três valores e o proponente deve definir em qual aporte e modalidade pertence o seu projeto. Veja a tabela:


A liberação dos recursos ocorrerá de forma parcial, sendo 75% após a aprovação do Plano de Trabalho e recebimento de recibo ou nota fiscal correspondente ao valor e 25% após o término da realização do Plano de Trabalho e comprovação de cumprimento integral do objeto, objetivos e contrapartidas específicos na forma prevista.
Não serão admitidas outras fontes de financiamento público ou patrocínios para a realização do projeto em nenhuma circunstância.

Prazos: as inscrições encerram em 04 de julho de 2015.

O que deve ser apresentado: O proponente deverá anexar os seguintes arquivos, todos em formato .pdf:
  • formulário padrão (Anexo I) da respectiva finalidade;
  • termo de declarações assinado (Anexo III);
  • requisitos específicos para projeto, se houver.

O proponente deverá obrigatoriamente estar com a documentação relativa ao registro junto ao CEPC atualizada, inclusive com as certidões vigentes, para que o sistema automaticamente os vincule ao projeto apresentado.

Proponente poderá anexar outros arquivos, em formato.pdf, que julgue necessários para a avaliação do mérito do projeto.

Somente poderão ser contempladas iniciativas que financiem projetos completos, não sendo admitidos projetos fragmentados, incompletos, parciais ou complementares.

Entrega e mais informações: as inscrições devem ser feitas online pela plataforma procultura.rs.gov.br. Mais informações podem ser verificadas no mesmo site.

Fonte(s): cultura.rs.gov.brprocultura.rs.gov.br e Edital na íntegra

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Edital Proac para produção de espetáculo de circo em São Paulo


Nome do Edital: Edital nº11/2015 "Concurso de apoio a projetos de produção e temporada e/ou circulação de espetáculo de circo de lona no Estado de São Paulo”.
Quem promove: Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria Estadual de Cultura.

Objeto: Seleção de 15 projetos que contemplem a produção e/ou aprimoramento de espetáculo e/ou manutenção de circo de lona com itinerância no Estado de São Paulo, com prêmio de R$60.000,00 (sessenta mil reais) cada.
No mínimo 50% (cinquenta por cento) dos projetos selecionados serão de proponentes domiciliados fora da capital do Estado de São Paulo.
Quem pode participar: Pessoa jurídica que comprove sede ou domicílio há mais de 02 (dois) anos no Estado de São Paulo.
Aporte: cada projeto aprovado receberá o valor de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais). O pagamento será dividido em duas parcelas:
  • 70% do valor quando efetivada a contratação oficial;
  • 30% do valor quando efetivada e comprovada a realização do projeto.
Importante:
Não será necessária a juntada das notas e/ou recibos no Relatório de Conclusão, os quais deverão ser guardados por um período de 05 (cinco) anos para fins de possíveis auditorias.

Prazos: O prazo de inscrição vai até o dia 03 de julho de 2015, nos dias úteis, das 10 às 12 horas e das 13 às 17 horas.
O prazo máximo para a execução do projeto será de até 10 (dez) meses após o recebimento da primeira parcela contratual.

O que deve ser apresentado:
O proponente deverá preencher e imprimir a Ficha de Inscrição disponível no site http://www.cultura.sp.gov.br e anexar ao restante da documentação.

As propostas devem ser entregues divididas em dois envelopes. Um para documentação e outro para o projeto. Essa apresentação possui um protocolo específico de identificação e quantidade de vias. O proponente precisa fechar o projeto com a maior antecedência possível porque só esse processo de imprimir e organizar a documentação e materiais pode levar algumas horas. Não deixe para o último dia. A lista completa de documentos e materiais a serem apresentados consta no próprio edital cultura.sp.gov.br

Entrega: As inscrições poderão ser feitas pessoalmente ou por via postal ao:

Núcleo de Protocolo e Expedição, da Secretaria da Cultura
Rua Mauá, 51, Bairro Luz, São Paulo – SP
CEP: 01028-900

Mais informações: (11) 3339-8275 e (11) 3339-8226 no horário das 13 às 17 horas.

Sobre a instituição: O Programa de Ação Cultural do Governo de São Paulo é regulamentado pela Lei nº 12.268 de 20/02/06. O ProAc possui duas vertentes de apoio a projetos culturais: Editais/Concursos: apoio por meio da seleção pública de projetos cuja premiação é proveniente de recursos orçamentários da Secretaria de Estado da Cultura; e Incentivo Fiscal (ICMS): apoio por meio de patrocí­nio(s) de contribuintes habilitados do ICMS a projetos previamente aprovados pela Secretaria de Estado da Cultura.



Em 2014 a Cia do Ó foi contemplada neste edital com o projeto Conserto sem Dó. O proposta foi inserida pela Cooperativa Brasileira de Circo. Mais informações: ciadoo.blogspot.com.br

domingo, 28 de junho de 2015

Edital Proac para produção ou manutenção de circo de lona em São Paulo

Nome do Edital: Edital nº10/2015 "Concurso de apoio a projetos de produção, aprimoramento de espetáculo e/ou manutenção de circo de lona com itinerância no Estado de São Paulo”.

Quem promove: Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria Estadual de Cultura.

Objeto: Seleção de 10 (dez) projetos que contemplem a produção e/ou aprimoramento de espetáculo e/ou manutenção de circo de lona com itinerância no Estado de São Paulo, com prêmio de R$60.000,00 (sessenta mil reais) cada.

No mínimo 50% (cinquenta por cento) dos projetos selecionados serão de proponentes domiciliados fora da capital do Estado de São Paulo. Caso o proponente deseje incluir-se no disposto acima, deverá comprovar sua atuação artística ocorre em seu município de origem, informado na Ficha da Inscrição.
Manutenção de circo itinerante corresponde à melhoria e/ou aquisição de materiais pertinentes à realização do espetáculo e à atividade circense, tais como adereços, acessórios e mobiliários para números, componentes da estrutura de lona e/ou picadeiro, pagamento de artistas, montagem de novos espetáculos, confecção de figurinos;
Circo de Lona itinerante são circos em que as apresentações são realizadas por trupes/companhias circenses tradicionais em circo de lona desmontável, que comportem pelo menos 200 (duzentos) espectadores sentados, com pelo menos 02 (dois) anos de itinerância comprovada;
Itinerância corresponde ao plano de apresentações previstas no escopo do projeto.
Quem pode participar: Pessoa jurídica que comprove sede ou domicílio há mais de 02 (dois) anos no Estado de São Paulo.
Aporte: cada projeto aprovado receberá o valor de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais). O pagamento será dividido em duas parcelas:
  • 70% do valor quando efetivada a contratação oficial;
  • 30% do valor quando efetivada e comprovada a realização do projeto.
Importante:
Não será necessária a juntada das notas e/ou recibos no Relatório de Conclusão, os quais deverão ser guardados por um período de 05 (cinco) anos para fins de possíveis auditorias.

São de exclusiva responsabilidade do proponente os compromissos e encargos de natureza trabalhista, previdenciária, fiscal, comercial, bancária, intelectual (direito autoral, inclusive os conexos, e propriedade industrial), bem como quaisquer outros resultantes da contratação objetivada neste Edital.

Prazos: O prazo de inscrição vai até o dia 03 de julho de 2015, nos dias úteis, das 10 às 12 horas e das 13 às 17 horas.
O prazo máximo para a execução do projeto será de até 10 (dez) meses após o recebimento da primeira parcela contratual.

O que deve ser apresentado:
O proponente deverá preencher e imprimir a Ficha de Inscrição disponível no site cultura.sp.gov.br e anexar ao restante da documentação.

As propostas devem ser entregues divididas em dois envelopes. Um para documentação e outro para o projeto. Essa apresentação possui um protocolo específico de identificação e quantidade de vias. O proponente precisa fechar o projeto com a maior antecedência possível porque só esse processo de imprimir e organizar a documentação e materiais pode levar algumas horas. Não deixe para o último dia. A lista completa de documentos e materiais a serem apresentados consta no próprio edital [aqui].

Entrega: As inscrições poderão ser feitas pessoalmente ou por via postal ao:

Núcleo de Protocolo e Expedição, da Secretaria da Cultura
Rua Mauá, 51, Bairro Luz, São Paulo – SP
CEP: 01028-900

Mais informações: (11) 3339-8275 e (11) 3339-8226 no horário das 13 às 17 horas.

Sobre a instituição: O Programa de Ação Cultural do Governo de São Paulo é regulamentado pela Lei nº 12.268 de 20/02/06. O ProAc possui duas vertentes de apoio a projetos culturais: Editais/Concursos: apoio por meio da seleção pública de projetos cuja premiação é proveniente de recursos orçamentários da Secretaria de Estado da Cultura; e Incentivo Fiscal (ICMS): apoio por meio de patrocí­nio(s) de contribuintes habilitados do ICMS a projetos previamente aprovados pela Secretaria de Estado da Cultura.

Fonte: Edital Proac 10

Em 2014 foram premiados 10 projetos neste edital. Apenas um dos contemplados não teve seu projeto inscrito via Cooperativa Brasileira de Circo. Para saber mais sobre os vencedores do edital e os trabalhos da Cooperativa, acesse 
circoop.com.br

sábado, 27 de junho de 2015

Edital Laboratório da Cena Funarte

O edital visa selecionar projetos para ocupação do Galpão 6 da Furnarte, localizado em Minas Gerais.

A representação da Funarte no Estado de Minas Gerais possui alguns galpões que são disponibilizados para ocupação de artistas e apresentações culturais. Essa seleção geralmente é feita mediante edital. Para ocupação do Galpão 6, a instituição lançou um edital específico. As inscrições vencem no início do mês que bem. Confira os principais pontos do edital.

Nome do Edital: Laboratório da Cena Funarte - Funarte MG

Quem promove: Funarte - Fundação Nacional das Artes

Objeto: Seleção de projetos artísticos para ocupação do Galpão 6 da Funarte MG com a realização de atividades de pesquisa e criação nas áreas de circo, dança, teatro e suas transversalidades.

O espaço estará disponível para atividades de criação, formação e pesquisa na área das artes cênicas, para o período de agosto de 2015 a abril de 2016, excetuando-se dezembro de 2015, de segunda-feira a sábado, de 10h às 22h.

O projeto de ocupação deverá prever, além das atividades de pesquisa e criação, atividades de compartilhamento do trabalho artístico desenvolvido com a comunidade em geral. Estas ações deverão ser abertas ao público e realizadas durante a ocupação, tais como, encontros, debates, ensaios abertos, com ampla divulgação por meio eletrônico.

Quem pode participar: Pessoa física, maiores de 18 anos e Pessoa jurídica de direito privado, com ou sem fins lucrativos, de natureza cultural.

É vedada a inscrição à pessoa física ou jurídica com sede própria.

Cada proponente poderá concorrer somente com 1 (um) projeto de ocupação, com exceção de cooperativas de produtores ou de artistas, bem como associações que abriguem diversos grupos ou companhias.

Aporte: Não há aporte financeiro neste edital. A Funarte apenas sede do espaço para ocupação. O que pode ser vantajoso para grupos e artistas que precisam alugar espaços para desenvolvimento de trabalhos.
Prazos: as inscrições terminam dia 03 de julho.

O que deve ser apresentado: O projeto deve ser encaminhado, em uma via, em envelope único, e deve ser composto pelos seguintes documentos:
  • Formulário de inscrição, devidamente preenchido e assinado;
  • Apresentação detalhada do conjunto de ações artísticas a ser realizado
  • Cronograma;
  • Ficha técnica completa;
  • Currículo resumido do proponente e dos principais integrantes do projeto;
  • Documentos que comprovem as atividades do proponente, tais como, clipping, material gráfico, entre outros (máximo de 5 páginas).

Entrega e mais informações: As inscrições serão aceitas pelo correio (Sedex) ou entregues pessoalmente no endereço abaixo, no horário de 10h às 17h, exceto sábados e domingos e feriados.  LABORATÓRIO DA CENA FUNARTE MG Rua Januária, 68 Centro – Belo Horizonte – MG CEP: 30110-055.

Outros esclarecimentos podem ser obtidos pelo endereço eletrônico laboratoriodacenamg@funarte.gov.br e visitas ao Galpão 6, para conhecimento do espaço, poderão ser agendadas pelo telefone (31) 3213-3084.


quarta-feira, 24 de junho de 2015

Debate sobre corte final e direitos de autor

Impulsionados pelos recentes debates sobre a mudança na legislação de direitos autorais, os modelos de contratos propostos pela Siaesp, Apro, ABPITV, Sebrae, assim como o Direito ao Corte Final(mais informações clique no link) como direito autoral moral inalienável de diretores em documentários e filmes de ficção, a APACI irá realizar um debate, com cineastas e um dos maiores especialistas neste assunto: Allan Rocha de Souza, Professor e Pesquisador de Direitos Autorais e Políticas Culturais do PPED/UFRJ e do Curso de Direito da UFRRJ/ITRcoordenador do NEDAC e advogado.


O debate contará com a presença dos cineastas:
Beto Brant (Eu receberia as piores notícias do seus lindos lábios, Cão sem Dono, Um Crime Delicado, O Invasor).


Daniela Broitman (Marcelo Yuka no Caminho das Setas), diretora da ABRACI (Associação Brasileira dos Cineastas) e representante da ABD-RJ (Associação Brasileira de Documentaristas) e do Forum Audiovisual.


Andre Klotzel (Reflexões de um liquidificador, Memórias Póstumas, a Marvada Carne)


Marcelo Masagão (Nós que aqui estamos por vós esperamos)

Luciana Burlamaqui (Entre a Luz e a Sombra, Os Bastidores do Maior Furto a Banco da História (obra inacabada)).


Ícaro Martins (Luz nas Trevas – o Retorno do Bandido da Luz Vermelha, Tempo de Resistência, Estrela Nua), diretor da APACI (Associação Paulista de Cineastas).


Beatriz Seigner (Bolllywood Dream – O Sonho Bollywoodiano)

Quando: 26 de junho, sexta-feira, as 15h

Onde: Praça das Artes, Avenida São João, 281 – Centro, São Paulo – SP, 01035-970. Auditório do 1º andar. O evento é uma realização da APACI e conta com o apoio da SPCine, Prefeitura de São Paulo, ABD-SP, ABRACI, ABD-RJ e Forum do Audiovisual.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Segunda Chamada para os Laboratórios de Cidades Sensitivas


A chamada deste ano será para a ocupação dos Laboratórios Multimídia dos Centros de Artes e Esportes Unificados

Seu objetivo é estimular a apropriação de tais espaços para a realização de atividades de criação, pesquisa, formação, produção, difusão, circulação, memória e demais ações que proporcionem interações entre a comunidade e a cidade.

Nome do Edital: LabCEUs ­ Laboratórios de Cidades Sensitivas

Quem promove: Ministério da Cultura e a Universidade Federal de Pernambuco

Objeto: Apoiar ações de ocupação dos Laboratórios Multimídia dos Centros de Artes e Esportes Unificados (CEUs), no contexto de implantação do Programa LabCEUs ­ Laboratórios de Cidades Sensitivas.

Quem pode participar: Pessoas físicas maiores de 18 anos; Coletivos, redes e organizações institucionalizadas ou não.

Aporte: Serão concedidas bolsas de pesquisa e extensão universitária no valor total R$ 160.000,00 (cento e sessenta mil reais), sendo dez (10) ocupações de 2 meses de duração, que receberão R$ 8 mil, cada, e cinco (5) ocupações de 4 meses de duração, que receberão R$ 16 mil, cada;

Prazos: As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até 19 de junho de 2015.

O que deve ser apresentado: As inscrições devem ser enviadas via formulário web disponível em culturadigital.

Mais informações: Preferencialmente, a proposta deve estar articulada com ações já existentes em escolas, Pontos de Cultura, coletivos de arte, iniciativas de mídia comunitária e independente, instituições de ensino e pesquisa, bem como outras organizações, associações ou coletivos com fins sociais, educativos e/ou culturais.


Sobre a Instituição: A UFPE reúne mais de 40 mil pessoas, entre professores, servidores técnico-administrativos e alunos de graduação e pós-graduação, distribuídos em três campi: Recife, Caruaru e Vitória de Santo Antão. Além da excelência de seus recursos humanos, a Universidade se destaca por sua infraestrutura física, que está em franca expansão.


Fonte: labceus

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Série de palestras ‘Jornadas Culturais’ fala sobre propriedade intelectual

Encontros são realizados no Itaú Cultural, na capital de São Paulo.

Desde março deste ano o Centro de Memória da Fundação Bunge, em parceria com o Itaú Cultural, promovem uma série de palestras na área da cultura com foco em criação e manutenção de acervos, documentação e registros.

Dia 18 de junho haverá a palestra “Propriedade Intelectual”, com Victor Grameiro Drumond, às 8h30 da manhã. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site: jornadas.fundacaobunge.org.br.

SAIBA MAIS SOBRE O EVENTO:

PROPRIEDADE INTELECTUAL com Victor Gameiro Drummond
Local
Itaú Cultural (Sala Itaú Cultural) Av. Paulista, 149 - Paraíso - São Paulo
Data
quinta-feira, 18 de junho de 2015.
Inscrições a partir de 3/6/2015
Horário
8h30 - 13h
Vagas
200

Resumo da Palestra
A quem pertence a memória de uma empresa? Para o campo do direito que lida com questões de propriedade intelectual, não há resposta simples para essa questão. Ainda que a função desses acervos seja disponibilizar esse material para a sociedade, os gestores dos centros de memória devem se perguntar: o que será feito dessas fotos, vídeos, documentos e objetos? Quem pode utilizar o acervo e como? A quem cabe permitir o acesso: à empresa, aos criadores - fotógrafos, cineastas, desenvolvedores -, aos indivíduos retratados como parte dessa memória? Victor Drummond explica como o direito se relaciona com a memória, de forma a equilibrar a demanda de disseminação do conhecimento com a proteção ao processo criativo.

Sobre o Palestrante
Victor Gameiro Drummond é mestre e doutor em Direito, especialista em Propriedade Intelectual e Direito do Entretenimento.


quarta-feira, 10 de junho de 2015

Edital Ibermuseus vai premiar iniciativas de educação em museus

Entre os objetivos do prêmio é “fomentar a capacidade educativa dos museus, levando em consideração a diversidade e a pluralidade das práticas museológicas ibero – americanas”.

Até o dia 18 de junho estão abertas as inscrições para o Prêmio Ibermuseus, visando valorizar práticas de educação nesses espaços. Seus princípios se baseiam em documentos de referência como a Declaração de Santiago do Chile, de 1972, que considera que o museu é "uma instituição a serviço da sociedade, que adquire, comunica e expõe, com a finalidade de estudo, conservação, educação e cultura, os testemunhos representativos da evolução da natureza e do homem", e a Declaração de Salvador, de 2007, que entende os museus como agentes sociais comprometidos com a diversidade, com a promoção do encontro intercultural e com o desenvolvimento sustentável.

Nome do Edital: Prêmio Iberamericano de Educação em Museus - VI Edição - 2015

Quem promove: Programa Ibermuseus

Objeto: A 6ª edição do Edital premiará projetos que procurem potencializar a capacidade educativa dos museus e do patrimônio museológico na Ibero - América, através de duas categorias:
  • Categoria I: Projetos realizados ou em desenvolvimento. Serão premiadas práticas de ação educativa em museus e outras instituições vinculadas e afins, já concluídas ou em desenvolvimento, provenientes de todos os países ibero - americanos.
  • Categoria II: Fomento a projetos de Educação e Museus para Ibero - América. Será incentivada a realização de projetos que ainda não tenham sido implementados ou que estejam em fase de elaboração ou em planejamento.

Quem pode participar: instituições culturais, educativas e afins da Comunidade Ibero - Americana, que estejam ligadas à administração pública (municipal, regional ou nacional), ou instituições privadas, sem fins lucrativos, que atuem nas áreas de interseção entre educação e museus.

A instituição candidata poderá se inscrever nas duas categorias distintas ou mais de inscrição dentro da mesma categoria, desde que apresentem projetos diferentes.

Poderá ser premiado somente 01 (um) projeto por instituição, considerando as duas categorias.

Projetos que já tenham recebido alguma premiação nas categorias I e II nas edições anteriores do Prêmio ficam impedidos de participar.

Aporte: Serão premiados 3 (três) projetos na categoria I e 05 (cinco) projetos na Categoria II:

Categoria I - Projetos realizados ou em andamento
1º lugar - 15.000,00 (quinze mil dólares)
2º lugar -   7.000,00 (sete mil dólares)
3º lugar -   3.000,00 (três mil dólares)

Categoria II - Fomento a projetos em fase de elaboração e/ou planejamento.
Sem classificação
10.000,00 (dez mil dólares), cada um.

Prazos: as inscrições devem ser realizadas até o dia 18 de junho.

O que deve ser apresentado:
  • Formulário de inscrição devidamente preenchido;
  • Certificado de existência legal da instituição candidata;
  • Certificados de cumprimento de obrigações tributárias, podendo ser certificados negativos de débitos com a administração pública, certidões negativas de débitos de tributos e contribuições federais e de dívida ativa da união, certificados de agências e superintendências de administração tributária, ou outros, de acordo com as normas do país;
  • Conta Bancária no nome da instituição candidata, número da agência bancária e código SWIFT para a recepção de transferência bancária proveniente do Brasil
  • Projeto descritivo: não poderá exceder o número máximo de 15 (quinze) páginas e o mínimo de 05 (cinco), respeitando integralmente o formato estabelecido nos formulários de inscrição;
  • Os projetos inscritos na CATEGORIA II, além dos documentos referidos, deverão apresentar (de acordo com os modelos disponibilizados no Portal Ibermuseus):
    • Cronograma de execução
    • Orçamento da(s) atividade(s) a ser(em) desenvolvida (s)
    • Planejamento de comunicação
    • Resultados esperados

Obs.: Para os inscritos na CATEGORIA II, caso o valor do projeto ultrapasse a quantia disponibilizada na forma de auxílio financeiro fixado no presente edital, a instituição candidata deverá apresentar comprovante de disponibilidade financeira através de carta de apoio da instituição candidata e/ou da(s) instituição(ões) co-patrocinadora(s) indicando disponibilidade de recursos para o projeto.

Entrega e mais informações: as propostas devem ser encaminhadas online. Os proponentes devem ser preencher a ficha de inscrição e anexar o projeto e demais documentos solicitados. Endereço: ibermuseus.org/convocatoria. Mais informações podem ser obtidas em convocatorias@ibermuseus.org.

Fonte(s): Edital completo

AddThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...